2 de junho de 2008

Qual o valor de uma amizade?

Não sei quanto à vocês, mas eu dou muito valor aos meus amigos. Gosto de recebê-los em casa, de sair e rir junto com eles, dar presentes a eles e, principalmente, ouvi-los sempre que precisam.

Acho que amigos são jóias preciosas, que trazem novas visões, questionamentos e nos fazem pensar sobre nós próprios. Uma verdadeira amizade nem sempre é calma. Ela pode passar por turbulências, mas se a amizade é verdadeira, ela supera tudo e se torna ainda mais forte.

Acho triste pessoas que, por estarem vivenciando um novo momento em suas vidas, esquecem dos velhos amigos, daqueles que sempre estenderam as mãos quando foi preciso. É ótimo que novas amizades sejam feitas, mas esquecer das antigas e só procurá-las quando for preciso é o correto? Por que não incorporar o novo ao que já existia?

Tá bom, sei que o papo tá chato, só reclamação. Mas eu fiquei chateada hoje com uma coisa que já vem acontecendo há algum tempo e resolvi desabafar aqui. Quem sabe meu amigo não lê isso e se lembre daqueles tempos em que saíamos de bobeira e nos divertíamos à beça?

Para vocês, meus amigos, um muito obrigada por fazerem parte da minha vida. E ao meu melhor amigo, te amo.

Nenhum comentário: