11 de julho de 2011

Descobrindo BH - Alessa


Você sabe qual é a origem do sorvete? Existem muitas versões a respeito, mas no Brasil ele chegou por volta de 1834, quando um navio americano aportou no Rio de Janeiro com mais de 200 toneladas de gelo. Na época era anunciada a hora em que o sorvete estaria pronto, e aí as pessoas corriam para saboreá-lo. Louco isso, né? Hora para tomar sorvete...

Hoje o sorvete é saboreado em todas as estações do ano, e ganhou até versão quente! Eu prefiro gelado mesmo, e sou muito fã das versões frutadas. Sorvete de chocolate quase não tem espaço entre os meus prediletos, mas é o sabor favorito do Gu.

E já que o papo é sorvete, hoje o Descobrindo BH vem falar da Alessa, uma sorveteria fantástica daqui de BH que várias pessoas já haviam me indicado.

A história da Alessa é bacana: em 2004 surge a vontade de se criar uma sorveteria e cafeteria diferenciada, e para isso os proprietários trouxeram um mestre sorveteiro da Itália, que procurou viajar por todo nosso país, descobrindo sabores e características dos nossos produtos. O nome Alessa surgiu do desejo de se homenagear a nona italiana que tanto os inspirou, e foi com esse amor e carinho que em 2006 a sorveteria estava inaugurada, mas é só agora, depois de 5 anos, que eu fui conhecê-la. Demorou, né?!



Fomos lá numa noite fria, e nos sentamos a uma das muitas mesas do local. Sim, a sorveteria é espaçosa, colorida e aconchegante. O espaço é mais sofisticado que o das sorveterias comuns, mas essa é a proposta da Alessa.

Lá você encontra sorvetes diferentes como o Granada (sopa quente de frutas vermelhas e sorvete de castanhas ao creme) e o Banana Fiamma (banana flambada ao caramelo de limão e sorvete de canela), mas a Alessa traz também outras opções no cardápio como sanduíches, doces, lanches, cafés e drinks especiais.

Apesar do frio, nosso objetivo era experimentar o famoso sorvete, que segue o melhor da tradição italiana dos gelatos, e assim que abrimos o cardápio ficamos confusos, tamanha a variedade de sabores (mais de 40 sabores com frutas a base de água, frutas a base de cremes, chocolates, cremes e doce de leite) e pratos com sorvetes.


O Gu se decidiu mais rápido do que eu, e escolheu o Coppa Alessa: 3 sabores de sorvete (chocolate Alessa, doce de leite Alessa e Tramontana, que é um sorvete de creme com doce de leite e mini cookies de chocolate), com calda quente de doce de leite, raspas de chocolate e farofa crocante. Eu me decidi pelo Coppa Frutta Di Bosco: sorvetes de creme, framboesa e baunilha, com calda de frutas silvestres e farofa crocante.

Só de ler dá água na boca, né?!! Mas realmente o sorvete é eccezionale, stupendo!! Como eu amo framboesa, quis experimentar o de lá e me apaixonei. A calda é uma coisa de gostosa, e não é muito doce. A farofa é bem caprichada e deu um toque a mais. O Gu também gostou muito do Coppa Alessa, mas achou a taça pequena e esperava que o sorvete de chocolate se destacasse mais, em vez do sorvete de doce de leite.

Nosso veredicto: quem gosta de sorvete deve ir à Alessa, não importando se está frio ou calor. Aliás, se o problema for o frio, eles estão com um combinado que deve ser uma delícia: canjica acompanhada de sorvete de canela. Quem sabe eu não volto lá, só pra provar. Vem conosco!

Serviço:

Nenhum comentário: