26 de setembro de 2011

Descobrindo BH - Verde Gaio


O que faz um restaurante ser considerado o melhor na sua área? O atendimento, o serviço, o chef, a comida... E mais, quem são as pessoas responsáveis por dar tal título a ele?

O guia Veja Comer e Beber traz, há algum tempo, a relação dos melhores restaurantes e bares de nossas cidades. Confesso que em alguns momentos ele me orienta em relação a alguns restaurantes. No entanto, o que tenho visto nesta minha pouca experiência no Descobrindo BH é que muitos dos lugares considerados os melhores nas suas áreas pelos juízes são lugares medíocres, e fico me sentindo um pouco perdida nisso tudo. Eu estaria doida, contrariando essas pessoas, ou elas que estariam tão acostumadas com o lugar, que simplesmente não conseguem mudar o olhar?

Pois bem, na semana passada fomos ao restaurante português Verde Gaio. O restaurante tem uma rica história e já existe em Belo Horizonte desde 1971. Personalidades como Elis Regina e Juscelino Kubitschek já passaram por lá, e o restaurante leva o título de "o melhor restaurante de culinária portuguesa de Belo Horizonte". Mas isso na opinião de quem??

Chegamos no restaurante por volta das 19h00 (o restaurante abre às 18h00), e me surpreendi um pouco porque os funcionários estavam jantando no salão. Perguntei se a casa já estava aberta, e um garçom veio imediatamente nos acomodar em nossa mesa muito gentilmente.

Bolinhos de Bacalhau

Pedimos nossas bebidas e o garçom sugeriu que pedíssemos 6 bolinhos de bacalhau.
Os bolinhos vieram rápido e estavam maravilhosos e crocantes. Adoramos e vimos que realmente 3 bolinhos para cada não era muito, já que eles não são muito grandes.

Depois de um tempo fomos pedir nossos pratos. Eu escolhi o Bacalhau à Verde Gaio: postas de bacalhau com molho de cebola, pimentões e batatas, levado ao forno. O Gu, como vocês já sabem, não gosta de peixe e escolheu um Filé à Parmegiana.

Demorou uma eternidade. Sério mesmo! Achamos que haviam se esquecido de nós, pois as outras mesas foram servidas e nós fomos ficando para trás. O comentário do Gu era "deve estar demorando porque a preparação do prato seu deve ser mais elaborada". Questionamos o garçom e ele disse que "já estava vindo"...

Bacalhau à Verde Gaio

Quando os pratos finalmente chegaram, veio com eles nossa decepção. Sabe quando a comida é tão sem graça que você não consegue nem falar como era?! É isso que aconteceu comigo. O prato simplesmente não tinha gosto. Nada ali foi temperado. As cebolas e as batatas estavam água pura e o bacalhau não tinha gosto algum!! Eu fiquei perplexa porque um lugar que leva o título de melhor culinária portuguesa da sua cidade, tem a obrigação de te servir uma coisa no mínimo boa.

Filé à Parmegiana

O Gu também não achou o filé grandes coisas. Estava bem temperado, mas muito seco e praticamente sem molho. Disse que não foi um piores que ele já comeu, mas que estava somente "ok". Pra quem conhece a fera, sabe que ele não é de fazer feio na mesa, mas para vocês terem uma ideia, ele nem comeu tudo.

O garçom deve ter percebido nossa decepção e nos questionou se havíamos gostado. Eu respondi que não e expliquei os motivos. Ele ficou muito sem graça e se desculpou dizendo que o(a) cozinheiro(a) deve ter dessalgado muito o bacalhau. Só que eu não quero comida com gosto de sal, e sim uma que tenha sabor.

Saímos de lá decepcionados e com a certeza de que BH tem lugares incríveis, onde os "especialistas" ainda não chegaram. A nossa meta aqui no Decobrindo BH, inclusive, é mostrar isso para vocês. Só temos que deixar claro que estamos longe de sermos críticos ou especialistas em gastronomia. Somos apenas duas pessoas que gostam de comer uma comida bem feita, de verdade.

Serviço:

UPDATE: a casa fechou as portas

2 comentários:

Bia / Viaje no Detalhe disse...

Pessoal, acho que vale uma segunda ida lá! Adoro comida portuguesa e amo esse restaurante. Todos os restaurantes tem um "mau dia", acredito que vocês foram nesse... Já comi vários pratos lá e sempre são deliciosos, tem um camarão com arroz com ervas MARAVILHOSO. E os bolinhos de bacalhau? Deliciosos, deu até água na boca.

Gustavo Coelho disse...

Olá, Bia,

Os bolinhos de bacalhau estavam bons, realmente, e o meu prato não estava ruim como o da Fernanda. Só que também não estava bom a ponto de me dar vontade de experimentá-lo novamente.

Entendemos isso de que todos os restaurantes têm um mau dia, mas não acredito que voltemos lá, pois existem tantos lugares que ainda não conhecemos, que não justifica darmos uma segunda chance a um que nos decepcionou.

Se é para voltar a algum restaurante, prefiro que seja àqueles nos quais nossa experiência foi bacana ;-)

Um abraço e obrigado pela visita!