7 de fevereiro de 2012

Vestindo a camisa


Apesar do termo geek ter se popularizado no contexto da tecnologia, ele evoluiu ao ponto de designar aficionados por um determinado assunto. Assim, temos geeks de música, cinema, literatura, quadrinhos, RPG, videogames e até mesmo obras específicas como Senhor dos Anéis e Star Wars, para citar as melhores algumas.

O geek é o cara que sabe tudo sobre seu assunto de interesse. Assim é a garota que guarda o aniversário do Eddie Vedder e o camarada que sabe a data de publicação da primeira revista do Homem-Aranha. Parece que um exemplo é mais bobo que o outro, mas ambos são frutos de obsessões bem semelhantes.

Uma coisa que sempre foi comum aos fãs de bandas era a presença das camisetas "temáticas". Era fácil identificar (e diferenciar) o fã de Beatles, Iron Maden e Bob Marley. Diz a lenda, inclusive, que já se vendeu mais camisetas do Bob Marley do que do Mickey, e que ambos foram superados em números por Che Guevara, o que não é de se espantar, já que ele fingiu a própria morte e hoje ganha a vida vendendo camisetas com o seu rosto estampado.

Gostos à parte, o fato é que os geeks também passaram a se taguear através de suas camisetas. Assim, também fica fácil saber quem é (ou finge ser) fã de videogames, animes e coisa e tal. Eu mesmo tenho uma boa coleção de tags camisetas, e algumas das minhas favoritas estão aí embaixo:



Um comentário:

Célio de Souza disse...

Bom post... eu também tenho algumas camisas mas nem sou muito chegado em sair com elas ... mesmo com uma maior aceitação do nosso jeito de ser ainda sofremos muitos preconceitos... principalmente das garotas kkkkkk ....