17 de abril de 2012

Descobrindo BH - Casa Infinita

Casa Infinita
Mineiro adora uma boa conversa em volta de uma mesa, acompanhado de um cafezinho quente e um pão de queijo, não é mesmo? Talvez seja por isso que nos últimos tempos o conceito de uma padaria vinculada a um café, que ofereça opções tanto à la carte quanto em buffet, esteja fazendo sucesso. Tanto que, em janeiro desse ano, o renomado chef Ivo Faria, abriu uma padaria nesses moldes: a Casa Infinita.

A Casa Infinita é uma belezura! Estabelecida num casarão, a padaria conta com um espaço para lanches, com mesas na parte de dentro e na calçada. Entre os produtos oferecidos, pães para todos os gostos, bolos, vinhos, antepastos, salgados, doces e pizzas feitas na hora, a partir das 18h00. Mais para frente eles querem oferecer almoço e jantar também.

Nós fomos lá num dia de semana, e nos sentamos na parte de dentro da padaria, pertinho da janela. Eu pedi um cafezinho para começar, e o Gu um refrigerante. Enquanto meu café não chegava, dei uma passeada pela padaria e pude conferir a variedade de produtos que eles têm. Além disso, tive contato também com o atendimento impecável. Todos os funcionários estavam sempre com um sorriso no rosto e prontos para te atender.

Casa Infinita
Voltei para a mesa e fomos olhar o cardápio, lembrando que você pode ir até a área da padaria, se servir e trazer seu lanche para a mesa. E foi o que fiz: trouxe uns pãezinhos de queijo e um antepasto de berinjela muito saboroso, para abrir o apetite.

O Gu estava a fim de um sanduba, e escolheu um de escalope de filé, com queijo gruyère, fonduta de queijo, alface e tomate gratinado, acompanhado de batata frita. O garçom disse que demoraria um pouco, e enquanto isso ficamos degustando o que eu havia trazido da padaria.

A tarde chegava ao fim e o cheiro de pizza começou a invadir o lugar. A área do café tinha esvaziado um pouco, mas a parte de fora ainda fazia sucesso. Na padaria a movimentação das pessoas era enorme, com um entra e sai de gente o tempo todo.

Casa Infinita
Quando o prato do Gu chegou, eu pedi um suco de morango com framboesa e um mini quiche de alho poró com queijo de cabra. Estava sensacional! O Gu também adorou o sanduíche, que veio num pão crocante, com a carne bem temperada e ao ponto.

Com o objetivo de oferecer produtos de qualidade, para um público exigente que anseia por novidades, acredito que o nome Ivo Faria seja um grande atrativo para a Casa Infinita. Entretanto, independente disso, a padaria é excelente e vale muito a pena dar uma passada para um lanche num final de tarde.

Serviço:

UPDATE: a casa fechou as portas

2 comentários:

Karla Majuste disse...

E os doces?? São obras de arte e deliciosos!!!! Não acreditobque conseguiram evitar?!?!? rsrs....

Cristina disse...

O lugar tinha tudo para ser realmente fantástico na proposta de "empório e padaria". Embora seja do renomado Ivo Faria, o atendimento foi ridiculamente péssimo. As comidas são excelentes, mas não adianta apenas investir no "modus faciendi" e se esquecer da excelência no atendimento. Ninguém quer pagar (muito ou pouco) para ter um atendimento ruim. E vamos combinar que as coisas não são tão baratas. Eu estive na Casa Infinita agora em janeiro (2013) e considero uma decepção.