6 de junho de 2013

Descobrindo Paris - Arènes de Lutèce e Panthéon

Casal Geek Eurotour 2013 - Descobrindo Paris - Arènes de Lutèce e Panthéon
Saindo da Crypte Archéologique, aproveitamos a proximidade do Quartier Latin e para lá voltamos a fim de almoçar. O lugar escolhido (mais uma vez) ao acaso foi o restaurante Pizza Sarno.

Localizado na Rue de La Harpe, este bistrot de comida italiana foi uma boa surpresa e certamente será uma das nossas escolhas em uma futura visita a Paris. Das opções do menu de degustação, escolhemos ótimas bruschettas de entrada, uma excelente lasanha à bolonhesa como prato principal e, para sobremesa, a Fernanda pediu uma torta de chocolate enquanto eu escolhi um mousse de chocolate.

Pizza Sarno - Lasanha a BolonhesaPizza Sarno - Lasanha a Bolonhesa

Do restaurante, pegamos um "pequeno" desvio para uma visita às Arènes de Lutèce, um anfiteatro construído no século I e descoberto em 1869 durante as obras de abertura da Rue Monge. Apesar de não ter muito o que ver, é bem maluco pensar que em meio a um passeio pelas ruas de Paris você pode atravessar um pórtico e se ver numa arena onde gladiadores lutaram há aproximadamente 2000 anos.

Arènes de Lutèce
Como esperado, a parada foi rápida e em pouco tempo estávamos de volta às nossas andanças, passando pela Rue Mouffetard, uma das mais antigas da cidade, e seguindo rumo ao nosso destino final daquele dia, o Panthéon.

Finalizada em 1791, a gigantesca construção erguida a pedido do rei Luís XV como uma igreja dedicada a Sainte Geneviève foi, durante a Revolução Francesa, transformada em um mausoléu para grandes personalidades francesas. Atualmente em sua cripta podem ser encontrados os túmulos de Voltaire, Rousseau, Victor Hugo, Louis Braille, entre outros artistas, escritores, poetas, políticos, militares e cientistas.

Panthéon
O acesso ao Panthéon é "gratuito" com o Paris Museum Pass, e a imponência do lugar impressiona ainda mais quando você está lá dentro. O problema é que toda esta grandiosidade torna o lugar meio vazio, apesar das belas pinturas e esculturas que o decoram. É como se faltasse algo. De qualquer forma, é uma visita interessante, ainda mais para quem tem verdadeiro sangue nerd, pois uma reprodução exata do Pêndulo de Foucault está instalada sob o domo central da construção, no mesmo lugar que o físico demonstrou em 1851 a rotação da Terra.

- Ouvindo: Timmy Curran - With Me Now

Nenhum comentário: