28 de setembro de 2015

Mão na Massa - Pão Integral

Mão na Massa - Receita de Pão Integral

Quando criança, inspirado pelas aventuras de Huguinho, Zezinho e Luizinho, eu fui escoteiro. A experiência durou pouco mais de um ano, talvez, terminando logo após o bastante aguardado acampamento, que provou-se uma furada tão grande quanto qualquer outra que envolva viver como humanos primitivos.

Por algum motivo que desconheço agora, além de líder da patrulha eu acumulava a função de cozinheiro. Arroz, macarrão e sopa eram minhas especialidades, mas eu estava no espectro completamente oposto destes chefs mirins dos concursos de culinária na TV – vale lembrar: esse papo de cozinha gourmet não era brincadeira de criança nos anos 80. Ainda assim, segundo as minhas vítimas, meu tempero era melhor que o das cozinheiras da cantina do colégio...

Minhas experiências no fogão (ou na fogueira, para ser mais exato) acabaram quando voltamos de Rio Acima, pois minha vontade de cozinhar se devia apenas a uma questão de sobrevivência. Depois disso, o máximo que eu me permiti foi "assar" uma ou outra lasanha de micro-ondas, também pela questão de vencer a fome.

Acontece que de uns tempos pra cá eu cismei de colocar os pés na cozinha novamente, sem ser para lavar os pratos. Tenho ideia de testar – algum dia, quem sabe – receitas do meu irmão, mas começo devagar, com um dos alimentos mais antigos produzidos pelo homem: o pão.

Os primeiros testes, é bom que se diga, deram errado. Uma hora era o tipo do fermento errado, outra hora era o tempo inadequado de forno; uma hora era o excesso de um ingrediente, outra hora era a falta de outro ingrediente. Poucos foram os pães que saíram diretamente do forno para a lixeira, mas a receita de pão integral que deu certo e tenho repetido há algumas semanas é a que segue abaixo:

Ingredientes
  • 300g de farinha de trigo comum
  • 200g de farinha integral fina
  • 10g de fermento biológico
  • 25g de açúcar mascavo
  • 10g de sal
  • 300ml de água
  • 50g de manteiga

Preparo
  1. Misture as farinhas e o fermento
  2. Acrescente o açúcar e misture
  3. Coloque o sal, mas não misture
  4. Despeje a água de uma vez e misture tudo até a massa ficar homogênea
  5. Acrescente a manteiga e sove até incorporar*
  6. Coloque a massa em uma vasilha enfarinhada e deixe descansar por 2 horas, enquanto assiste a um filme, lê um livro, joga uma partida de Munchkin ou simplesmente dá uma arrumada na cozinha, para adiantar o serviço
  7. Divida a massa ao meio e faça duas bolas
  8. Abra cada metade para retirar o excesso de ar, enrole no formato de pão que desejar
  9. Leve os pães para descansar por 30 minutos no forno a 180º com a porta aberta
  10. Retire do forno, borrife água sobre os pães e coloque-os de volta no forno aquecido a 230º
  11. Deixe assar por aproximadamente 30 minutos ou até dourar
* Nesse momento a massa começará a desmanchar e parecerá que a receita deu errado, mas basta continuar sovando até voltar a ficar homogênea

Se algum dos três leitores desse blog animar de testar a receita, deixe aí nos comentários o que achou ;-)

- Ouvindo: Beirut - No No No

Nenhum comentário: