30 de outubro de 2020

Cthulhu Dark Solo: Screams of the Children (Final)

Cthulhu Dark Solo: Screams of the Children (Final)

Anteriormente…

Por sugestão de Ebba Abendroth, Flo vai à casa de Lorde Richard, onde espera, finalmente, encontrar o filho de Lily.

Limite de Distorção: 6

Chegando ao endereço passado por Ebba Abendroth, Flo bate na porta…

Alguém atende? Não e um Evento Inesperado acontece
    - Evento Inesperado: Uma nova Ameaça aparece
        . Enquanto batia na porta da casa, Flo não vê que um homem caminhava em sua direção; ele é muito alto e tem os braços e pernas bem longos.

O cheiro absurdamente forte e ameaçador do rio chama a atenção de Flo. Ao procurar de onde ele vem, ela vê um home se aproximando lentamente dela.

Agir sob Pressão (DES): 3
    - Intervenção do Mestre: Oferecer uma oportunidade com custo
        . Flo poderá tentar um novo teste, mas um +10 virará um 7-9, e um 7-9 virará um -6
            - Agir sob Pressão (DES): 10 -> 7-9
                . Quando o homem tenta agarrá-la, Flo sente como se o tempo estivesse passando devagar. Ela consegue se desvencilhar dele e, ao fugir, a sensação que tem é de estar correndo dentro da água.
Teste de Insanidade: 6 (FALHA)
    - Insanidade: 5
        . A mente de Flo se desliga enquanto ela corre.

Quando, finalmente, para de correr, Flo está perdida. Ela não sabe como foi parar onde está, e à sua frente há uma estátua macabra de um homem muito alto, quase esticado, como o que tentou agarrá-la agora há pouco.

Analisar uma Situação: 6
    - O que deveria receber a atenção de Flo?
        - Flo está na Grosvenor Square? Sim e algo aumenta ou reforça a resposta
            . Parada em frente à estátua, sem saber como chegou lá, Flo escuta um sino tocar. Ao virar-se para acompanhar o som, ela vê a Igreja de São João Batista.

Flo volta à igreja…

A porta da igreja está aberta? Sim, mas algo diminui ou vai de oposto à resposta
    . Flo encontra a porta da igreja aberta, mas o interior está totalmente escuro e não é possível enxergar nada lá dentro.
Analisar uma Situação: 13
    - O que aconteceu aqui recentemente?
        . Uma pessoa importante mandou que todos saíssem
    - O que está sendo ocultado aqui?
        . Um porão úmido que causa extrema repulsa
    - O que deveria receber a atenção de Flo?
        . Um odor estranho
    - O que parece estranho ou fora do lugar aqui?
        . Grande agitação com ruídos e arranhões no andar abaixo

Quando Flo abre a porta da igreja, o interior está absolutamente escuro. Ela chama pelo Padre Little, mas ninguém responde. No silêncio absoluto, ela consegue ouvir um som vindo de baixo, como se algo estivesse arranhando o chão. O cheiro do rio, que parece segui-la por onde vai nesse lado da cidade, está bem forte.

Com medo e sem saber o que fazer, Flo volta à praça e se senta em um banco. Ao seu lado, ela encontra um livro.

Teste de Distorção: 7 (Inalterado)
    . O livro de capa de couro e páginas de borda dourada está escrito em um idioma que Flo desconhece, e as letras parecem mover-se no canto do olho. Entretanto, ela sente que consegue entender as palavras...

Ao começar a ler o livro, Flo descobre que ele descreve um voto. O primeiro voto é sobre viver eternamente e, ao lê-lo, Flo percebe que fez esse voto. Mais ainda: ela sente que tem o poder de viver para sempre.

Agir sob Pressão (INT): 3
    . Flo sente-se tentada a continuar lendo o livro. Ela tenta resistir, mas não consegue.

Flo segue lendo os demais votos, que ela sabe que também prometeu cumprir, embora não consiga expressá-los em palavras. Quando chegar o momento, ela terá o poder necessário para cumprir sua promessa.

Teste de Insanidade: 6 (FALHA!)
    - Insanidade: 6
        . Flo acorda na casa de repouso. Ela não sabe como (ou quando) foi parar ali... Ela nem sabe o porquê de estar ali. Talvez tenha morado lá a vida toda? Quem sabe?

PRÓLOGO

Flo tem uma amiga chamada Ebba, a quem ajuda a cuidar do seu bebê, o pequeno Richard, que vive na capela da casa de repouso.

Todos os dias, agarrada ao seu livro, Flo sonha… Ela se vê descendo uma escada até um porão muito escuro. Espalhados sobre seu chão de terra enlameado ela pode ver berços, muitos berços. Alguns são tão antigos quanto a própria cidade.

Flo caminha por horas e horas dentro do porão, como se ele não tivesse fim. Ela segue andando — ou seria nadando? — até chegar a um túnel que termina em uma porta. Tudo é tão lento, o tempo parece flutuar…

Atravessando a porta, Flo se vê às margens do Tâmisa, com as águas tocando seus pés. Ela ouve o choro de um bebê e percebe que o som vem da água…

Flo entra no rio desesperadamente. Com a água já na altura do peito, ela consegue ver um bebê submerso. Ela mergulha para salvá-lo, mas encontra outras centenas — talvez milhares — de bebês deitados no leito do rio, e isso a faz acordar.

Um dia, ao final do sonho, Flo não escuta o bebê chorando. Esperando por ela na água está um homem muito alto, de braços e pernas bem longos, quase esticados. Ele a encara silenciosamente, e ela sabe o que fazer.

Flo se lembra de que tem um voto a cumprir.

Ainda é noite quando Flo deixa seu quarto e vai à capela. Ebba sempre dorme ao lado do pequeno Richard, mas isso não é problema, pois Flo trouxe uma pedra que encontrou no pátio…

Com o bebê no colo, frio e respirando com dificuldade, Flo sabe que tem de batizá-lo no rio… mas não hoje. Hoje ele é sua responsabilidade, seu filho; o filho que nunca conseguiu ter.

= FIM =

Nenhum comentário: