18 de outubro de 2020

Mythic GME + Cthulhu Dark (Parte 6)

Mythic GME + Cthulhu Dark (Parte 6)

Anteriormente…

Magnus saía da pousada Estrela Lunar e voltava ao seu carro para guardar os itens que recolheu, quando o Mythic lançou mais uma interrupção de cena:

NEW SCENE (CUSTOM)
    ORIGINAL SCENE SETUP: "Magnus volta ao carro para guardar os itens que recolheu na pousada"

    AN INTERRUPT SCENE OCCURS:
        [ EVENT MEANING » DISRUPT : THE INNOCENT ]
        [ EVENT FOCUS » AMBIGUOUS EVENT, TARGET » NO TARGET ]

    SCENE DESCRIPTION: Assim que deixa a pousada, Magnus encontra um homem caminhando pela rua

CHAOS FACTOR: 7

Magnus deixa a pousada e segue em direção ao seu carro, quando vê à distância um homem completamente nu caminhando pela rua. Ele passa pelo detetive como se ele não existisse, chorando e balbuciando:

— Eu preciso ser limpo… eu preciso ser limpo… eu preciso ser limpo!!!

Há algo de muito errado com o homem, mas Magnus resolve não acompanhá-lo nesse exato momento, pois duas pessoas estão desaparecidas ou, provavelmente, mortas. Assim, de volta ao seu carro, o detetive dá uma rápida examinada nos itens que recolheu, e o que mais chama sua atenção é o panfleto que encontrou no quarto de Flávio, pois nele pode-se ler o endereço da Festa de Santo Alberto

Como ainda é o segundo dia da festa que atraiu boa parte da população da Redenção, Magnus resolve ir ao local para ver se encontra Flávio e/ou Sérgio. Para saber como chega lá, o detetive volta ao armazém a fim de pedir informações a Gabriela sobre como chegar ao Sítio Trilha Ametista Amarela.

NEW SCENE (CUSTOM)
    SCENE DESCRIPTION: Magnus volta ao armazém para saber como chegar ao Sítio Trilha Ametista Amarela

CHAOS FACTOR: 7

São quase 18h e quando Magnus encontra Gabriela fechando a porta do armazém…

— Magnus: Olá, Gabriela.
— Gabriela: Olá.
— Magnus: Estou precisando de umas informações…
— Gabriela: E eu estou precisando descansar.
— Magnus: É coisa rápida: você sabe onde fica o Sítio Trilha Ametista Amarela?
— Gabriela: Fica lá perto do rio. Você está indo para a festa?
— Magnus: É, estou pensando em dar uma passada lá…
— Gabriela: Eu te falo onde é, se você me levar com você.
— Magnus: Mas o seu pai não lhe proibiu de ir a essa festa?
— Gabriela: Eu já tenho 33 anos e meu pai não tem o direito de me dizer o que eu posso ou não fazer!
— Magnus: Por que você não foi então?
— Gabriela: Porque ele me colocou para trabalhar esses dias todos. Além do mais, eu não tenho carro.
— Magnus: Bom, você é uma mulher grandinha. Se esse é o único jeito de saber onde fica esse sítio, não posso impedi-la de ir junto. Mas não acho que seja uma boa ideia.

Continua…

Nenhum comentário: