30 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 5

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 5

Jacques Renault, o mais novo suspeito do assassinato de Laura Palmer, está foragido, e a equipe responsável pela investigação, comandada pelo agente especial Dale Cooper e pelo xerife Truman, está no apartamento do barman canadense coletando provas, à medida que devoram dezenas de donuts e alguns litros de café.

Uma das primeiras evidências encontradas no local é a camisa ensanguentada de Leo Johnson, o maior suspeito até então, plantada por Bobby Briggs na noite do dia anterior. Diferente do que se imaginava, o sangue na camisa é do próprio Renault e não de Laura.

Além de um exemplar da revista Flesh World, que confirma a ligação de Laura, Ronette, Leo e Jaques em uma trama de prostituição, Cooper encontra a foto de uma cabana com as janelas cobertas por cortinas vermelhas como as do seu sonho.

Chegou a hora de deixar o ambiente carregado do apartamento de Jacques Renault para um passeio pela floresta.

23 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 4

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 4

Em seu sonho, o agente especial Dale Cooper conversou com um homem de um braço só. MIKE era seu nome e ele cortou o próprio braço esquerdo para parar de matar, coisa que BOB, seu amigo, voltará a fazer.

Hawk já havia visto o homem de um braço só enquanto tomava o depoimento dos pais de Ronette Pulaski no hospital em que a jovem fora internada – não por acaso o mesmo no qual o corpo de Laura Palmer era mantido –, mas não conseguiu seguí-lo.

Três dias após tê-lo visto pela primeira vez, Hawk rastreia – olha o clichê indígena aí – o homem de um braço só até o motel Timber Falls, para onde Cooper e o xerife Truman apressam-se para interrogá-lo.

O nome do homem de um braço só é Philip Michael Gerard e ele é vendedor de sapatos; diferente do esperado, ele não reconhece o retrato falado de BOB, o que apareceu nas visões de Sarah Palmer e no sonho de Cooper; Gerard até possui um melhor amigo com o nome de Bob Lydecker, mas Lydecker está em coma no hospital em que o homem de um braço só foi visto.

16 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 3

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 3

Três dias após ter sido encontrado às margens do rio, enrolado em plástico, o corpo de Laura Palmer finalmente será enterrado no cemitério de Twin Peaks, uma pequena cidade onde a morte de uma jovem de 17 anos não é mais uma a entrar para as estatísticas; lá toda vida importa, toda vida faz sentido.

Laura Palmer era uma garota bonita e popular. Além de trabalhar como vendedora de perfumes na loja de departamento Horne's, Laura dava aulas de inglês a Josie Packard, era voluntária no programa Refeições sobre Rodas e ainda assistia Johny Horne, o filho mais velho do figurão Benjamin Horne. Mas a jovem também tinha um lado sombrio...

Todos que conheciam Laura Palmer foram afetados, de alguma maneira, por sua morte. Bobby Briggs, o quarterback valentão e histérico com quem a jovem mantinha um namoro oficial, interrompe o funeral da rainha do baile aos berros:

– "Vocês me enojam. Vocês, malditos hipócritas, me enojam! Todos sabiam que ela estava com problemas, mas não fizemos nada. Todos vocês. Vocês querem saber quem matou Laura? Vocês a mataram! Todos nós a matamos."

9 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 2

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 2

Pouco mais de 3 anos antes do assassinato de Laura Palmer, o agente especial Dale Cooper teve um sonho. Este sonho o levou a solidarizar-se com a causa tibetana, mas também deu ao agente, de forma inconsciente, uma técnica dedutiva que envolve uma "coordenação entre corpo e mente, operando em conjunção com um profundo nível de intuição".

Reunido com um seleto grupo de membros do corpo policial de Twin Peaks – xerife Truman, Lucy, agentes Hawk e Andy –, Cooper utiliza esse método heurístico peculiar para reduzir uma lista de suspeitos levantada com base em uma passagem escrita no diário de Laura Palmer em seu último dia de vida: "Nervosa por encontrar com J hoje à noite".

A lista de pessoas ligadas à vítima e que possuem a letra "J" no nome é pequena: James Hurley, o namorado secreto; Josie Packard, que recebia aulas de inglês com Laura; Johnny Horne, um jovem com necessidades especiais assistido pela garota; Norma Jennings, coordenadora do programa Refeições sobre Rodas, do qual Laura participava; Shelly Johnson, amiga da vítima; os maiores suspeitos Dr. Jacoby, psiquiatra de Laura, e Leo Johnson, marido barra pesada de Shelly e aparentemente sem ligação alguma com a rainha do baile.

2 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 1

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 1

Em um rústico, mas aconchegante, quarto do hotel Great Northern, o dia começa para Dale Cooper, aproximadamente 24 horas após o corpo de Laura Palmer ter sido encontrado por Pete Martell. Entre divagações sobre suas condições de acomodação, duas dúvidas perturbam pessoalmente e profissionalmente: "O que realmente aconteceu entre Marilyn Monroe e os Kennedys, e quem realmente puxou o gatilho contra JFK?"

Na parada para o café da manhã, Cooper conhece Audrey Horne, interpretada pela bombshell Sherylin Fenn, em sua melhor fase. Audrey é da mesma turma que Laura Palmer frequentava no colégio e seu irmão – Johnny Horne, com 27 anos de idade, mas com idade mental de 3 – recebia cuidados da vítima, mas as duas não eram amigas.

A morte de Laura é recente e a investigação mal começou, mas já há muito a fazer e o agente especial Dale Cooper não quer perder tempo.