21 de dezembro de 2008

Então é Natal

"Então é Natal", já diria a versão chatíssima de "So This Is Christmas", que a Simone gravou há uns 182 anos atrás. A versão original é muito chata também, como grande parte da carreira solo do John Lennon (o que não vem ao caso), mas a versão da Simone superou. O pior é que esta versão da Simone não superou a original só em chatice, como também deve tê-la superado em número de reproduções, porque, em muitas das lojas que você visitar nesta época do ano, você poderá ouvi-la ao fundo, tocando insistentemente como um lamento infindável. Só para se ter uma idéia: se essa música rendesse à Simone R$1,00 para cada vez que fosse tocada em uma loja, ela provavelmente estaria tão rica quanto Warren Buffett, o homem mais rico do mundo segundo a Forbes.

16 de dezembro de 2008

A porta dos desesperados

- Diz aí...
- E aí? Bão?
- Beleza... Passei no exame para tirar carteira de motorista.
- Ah, é? Parabéns!
- Valeu.
- Vai comprar um carro agora?
- Não.
- Pra que você tirou carteira de motorista, então?
- Para quando eu tiver condições de comprar um carro.
- Ah, claro. Mas até lá já vão ter inventado os carros voadores, tipo o dos Jetsons, e você vai ter que fazer outro exame.
- Claro que não, jacu. Eu estou juntando dinheiro.
- Pensei que seu estágio não fosse remunerado.
- Mas não é.

8 de dezembro de 2008

Guitar Hero brasileiro

Ainda no pique da noite de Guitar Hero na casa do Guilherme, segue uma lista com músicas que poderiam entrar em um "Guitar Hero Encore: Rocks the 80's" brasileiro:

  • Barão Vermelho: Pro Dia Nascer Feliz
  • Biquíni Cavadão: Tédio
  • Blitz: Você Não Soube Me Amar
  • Camisa de Vênus: Eu Não Matei Joana D'Arc
  • Capital Inicial: Independência
  • Dr. Silvana e Cia: Serão Extra
  • Eduardo Dusek: Barrados no Baile
  • Engenheiros do Hawaii: Toda Forma de Poder
  • Hanoi Hanoi: Fanzine
  • Herva Doce: Amante Profissional
  • Inimigos do Rei: Adelaide
  • Ira!: Núcleo Base

27 de novembro de 2008

Nome aos bois

Os nomes foram alterados para proteger os inocentes...

- Sigma, bom dia.
- Bom dia, Sigma, eu poderia falar com o Leandro?
- Aqui quem está falando é a Carmem...
- Bom dia, Carmem, eu acabei de falar com a Sigma para transferir para o ramal do Leandro...
- O senhor não entendeu direito: "Sigma" é o nome da empresa, "Carmem" é o meu nome e o senhor estava conversando comigo desde o início.
- Ah, me desculpe! Achei que o seu nome fosse "Sigma".
- Entendo. Qual é o nome do senhor?
- Robert Contemudo.
- Robert, com "T" mudo?
- Isso.
- Robert de quê?

11 de novembro de 2008

Californication


Essa série, que até então só teve a primeira temporada transmitida no Brasil pela Warner, é polêmica e considerada nos EUA a série mais descarada e pornográfica de todos os tempos.

É protagonizada pelo incrível David Duchovny, e retrata a vida de um escritor com um livro de sucesso, que agora sente dificuldade em escrever e está numa crise de inspiração.

3 de novembro de 2008

The Unfinished Swan

Um FPP (First Person Painter) no qual o jogador deve espalhar tinta em paredes e outras superfícies para encontrar o caminho através de labirintos em um mundo completamente monocromático:


Mais informações no site do projeto.

27 de outubro de 2008

WTF?

Uma espécie de reggae coreano. O baterista é um show à parte:

22 de outubro de 2008

Fatal


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos
- Fernando Pessoa

"Fatal" é um filme que está sendo lançado agora, que conta com a participação de Penélope Cruz, Ben Kingsley, Dennis Hopper, Patricia Clarkson e Peter Sarsgaard.

É um filme de drama que retrata a relação de um professor com sua aluna quase trinta anos mais nova. Os dois se envolvem de uma maneira muito intensa, mas o professor, David Kepesh, interpretado por Ben, sempre se vê às voltas com sua insegurança com relação à diferença de idade e, por isso, o romance enfrenta problemas.

20 de outubro de 2008

Dragonlance: Dragons of Autumn Twilight

Assistimos no último sábado ao filme "Dragonlance: Dragons of Autumn Twilight", a versão em animação do primeiro volume das excelentes Crônicas de Dragonlance, que conta a história de um grupo de aventureiros no início de sua jornada para tentar salvar o mundo de Krynn da ameaça de domínio pela deusa Takhisis e seu exército de dragões.

O filme foi executado numa mistura de animação 2D com 3D. A animação 2D é tosca (as cenas de lutas são deprimentes), e lembra bastante os desenhos animados da década de 80. Já a animação em 3D, limitada aos dragões e draconianos, é fraca para os padrões atuais e, quando mesclada à animação 2D, causa uma estranhesa semelhante à causada pela rotoscopia utilizada na versão animada do Senhor dos Anéis.

A história foi bastante truncada e ficou corrida para caber nos 90 minutos do filme. Além disso, se não me engano, pois li os livros há muito tempo, alguns elementos foram alterados. Os personagens, com essa pressa toda na qual a história é conduzida, não são bem desenvolvidos e soam bobos e superficiais.

Concluindo: para mim o resultado não foi nada além da já esperada decepção. Para a Fernanda, que assistiu ao filme sem ter lido os livros, o filme foi bom, mas não despertou nela a vontade de ler os livros e conhecer mais à fundo as Crônicas de Dragonlance.

18 de outubro de 2008

Prazeres pela metade

Este texto é da jornalista Leila Ferreira e tenho certeza que em algum momento vocês vão se identificar com suas palavras.

"Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir sorvete de sobremesa, contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente uma bolinha minúscula do meu sorvete preferido. Uma só.

Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa.
Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um litro de sorvete bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.

17 de outubro de 2008

As Aventuras de Mark Twain


Ontem assistimos a esse filme que me deixou encantada.

O filme é de 1985, e fiquei impressionada com a qualidade, com a história. É uma animação em stop-motion e diversos elementos, como os personagens, são feitos de massinha.

O filme é baseado na obra de Mark Twain, cujo nome verdadeiro é Samuel Langhorne Clemens, nascido em 1835 na Flórida. Ele exerceu várias profissões antes de se tornar escritor: foi tipógrafo, piloto de barco a vapor, soldado, mineiro e jornalista.

Algumas de suas obras são As Aventuras de Tom Sawyer (1876) e As Aventuras de Huckleberry Finn (1884).

Estou postando um trailer do filme pra deixar uma água na boca:


Imperdível!

16 de outubro de 2008

Combatendo a obesidade

Sábado passado (11/10) foi o Dia Internacional do Combate à Obesidade. Passeávamos pela Savassi, quando a Fernanda resolveu entrar em uma loja para olhar uma bolsa que, segundo ela, era "ma-ra-vi-lho-sa". Enquanto ela ficou olhando a(s) bolsa(s), aproveitei para passar em uma banca de revistas para ver se alguma coisa boa havia chegado. Caminhava em direção à banca quando, de repente, pulou em minha frente uma mulher muito magra e de olhos esbugalhados, que gritou com a voz rouca pelo uso do cigarro:

- Teje preso!
- Hã?
- Isso mesmo, seu gordo!
- O que foi que eu fiz?
- Você não sabia que hoje é o Dia Internacional do Combate à Obesidade?
- Não... E daí?
- E daí que você está preso!

5 de outubro de 2008

4 de outubro de 2008

A Chave Mestra


Esse filme é de 2005 mas só tomei conhecimento dele agora.

A história gira em torno de uma enfermeira que, ao ser contratada para cuidar de um senhor numa enorme casa antiga, descobre muito mais do que gostaria. Ela recebe uma chave que abre todos os cômodos da casa e num dia se depara com uma porta escondida que guarda objetos de magia negra.

Na verdade o nome dessa crença é Hudu e chegou aos EUA no fim do século 18, trazida pelos escravos, e pode tanto curar e proteger pessoas quanto prejudicar. A prática ainda é utilizada em New Orleans, local onde vivem os descendentes desses ecravos. O Hudu não é tido como religião e sim como uma prática que envolve velas, músicas, ervas, através das quais as poções são feitas.

O filme é muito bem feito, um dos mais interessantes (na minha opinião) no gênero suspense e tem um final muito ousado e inesperado.

Assistam!

3 de outubro de 2008

Ensaio Sobre a Cegueira


Essa semana fui assistir ao filme "Ensaio sobre a Cegueira". Simplesmente incrível. Os atores maravilhosos, um filme que tem que entrar na lista dos melhores, pelo menos na minha ele já está.

Confesso que não li o livro, coisa que pretendo fazer agora. Mas o filme não deve ter ficado a desejar já que, como falei, é excelente.

26 de setembro de 2008

Softwares de código-fonte aberto

Lista rápida e rasteira de alguns softwares de código-fonte aberto bacaninhas:

23 de setembro de 2008

Lamentável

Domingo estava assistindo ao "Domingo Espetacular" da Record quando me deparei com uma matéria, muito bem feita por sinal, que contava a história de duas pessoas que fizeram a diferença na vida de outras mas que infelizmente não tiveram um final feliz.

Estou falando de Tony e Fábio. Ambos relatos das famílias revelam duas pessoas com um coração enorme, solidárias, que se importavam com o próximo. Sei que pode parecer piegas falar nisso, mas o fato é que vemos menos atos de tamanha solidariedade, que me tocaram e queria dividir com vocês.

19 de setembro de 2008

Piada de Abrahams-Zucker

O que é uma Piada de Abrahams-Zucker? Descubra aqui.

15 de setembro de 2008

Ampliação de mercado

Não deixa de ser irônico o fato de um estúdio de tatuagens oferecer também o serviço de remoção de tatuagens a laser.

13 de setembro de 2008

Eu prometo

Hoje é um dia que marca um acontecimento muito importante na minha vida e, para isso, coloco um lindo texto de Martha Medeiros, intitulado "Promessas Matrimoniais". Ela escreveu este texto porque achava lindo o ritual do casamento mas não gostava do sermão que o padre dava e para isso escreveu uma sugestão de sermão que acredito conter elementos que se se forem cumpridos no dia-a-dia farão da vida à dois uma experiência maravilhosa.

"Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?

Promete saber ser amiga(o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?

9 de setembro de 2008

Papo de doido

Enquanto isso, em um instant messenger por aí:

Cheech: A situação da solicitação é "Cadastramento incompleto".
Chong: Isso... Depois muda para "Liberada para processamento" ou alguma coisa parecida.
Cheech: Isto mesmo.
Chong: O que tem?
Cheech: Liberada para processamento.
Chong: Não estou entendendo nada. Papo de doido.
Cheech: A situação é "Liberada para processamento", sacou?
Chong: Não... Você liberou a solicitação e o status dela mudou para "Liberada para processamento", ou ela ficou pendente?
Cheech: Isto.
Chong: Ficou pendente?
Cheech: Pendente não...
Chong: Ah, tá... Então o sistema está correto?
Cheech: Sim.
Chong: Beleza. Papo de doido.
Cheech: Só.

6 de setembro de 2008

3 de setembro de 2008

Fábulas 1001 Noites


Todos gostamos de ganhar presente, saber que a pessoa pensou em você na hora de comprá-lo e procurou o que tivesse mais a ver com você.

É verdade que nem sempre a pessoa acerta (que diria uma pessoa muito querida da minha família mas que prefiro manter anônima) mas mesmo assim é bom demais.

Sexta eu ganhei uma HQ de presente que eu "devorei" no sábado. Simplesmente maravilhosa. Um presentão.

Trata-se de "Fábulas 1001 Noites". Escrita por Bill Willingham e ilustrada por uma série de pessoas muito talentosas.

"Fábulas" surgiu em 2003 na forma de uma revista mensal e este volume trata das aventuras de personagens que já conhecemos há tempos como a Branca De Neve, o Lobo Mal, os Três Porquinhos, O Príncipe Encantado e por aí vai. Só que os personagens não são apresentados da maneira que os conhecíamos. Aqui eles assumes papéis e características diferentes, e a gente aprende coisas como o que teria acontecido com o Lobo Mal para ele se transformar numa criatura temida.

2 de setembro de 2008

Micro Resenhas (especial Batman)

Coisas que andei lendo (ou relendo) ultimamente:


Batman: Ano Um
. Editora: Panini
. Roteiro: Frank Miller
. Arte: David Mazzucchelli
. Preço: R$ 19,90
Frank Miller e David Mazzucchelli revisitam / reformulam a origem de Batman nesta história sobre o primeiro ano de Bruce Wayne como o Homem-Morcego, e contam também a origem da Mulher-Gato. História bacana, repleta de elementos que inspiraram o filme Batman Begins. Clássico obrigatório na estante de qualquer colecionador.


Batman: O Longo Dia das Bruxas
. Editora: Panini
. Roteiro: Jeph Loeb
. Arte: Tim Sale
. Preço: R$ 95,00
Um serial killer que ataca apenas em feriados está à solta em Gotham, e suas vítimas principais são criminosos ligados ao mafioso Carmine Romano. Esta história, que é praticamente uma continuação de Batman: Ano Um, define a parceria entre Gordon e Batman e mostra também a transformação de Harvey Dent no Duas-Caras. Edição ultra luxuosa, que merecia maior cuidado na impressão, ainda mais pelo alto preço cobrado, que traz outro clássico que inspirou essa nova leva de filmes do Batman, principalmente Batman: O Cavaleiro das Trevas.


Batman: Asilo Arkham
. Editora: Panini
. Roteiro: Grant Morrison
. Arte: Dave McKean
. Preço: R$ 12,90
Os internos do Asilo Arkham, liderados pelo Coringa, rebelaram-se e tomaram o manicômio, fazendo vários funcionários como reféns. Para libertá-los, fazem uma última exigência: a presença de Batman, que passa a ser perseguido pelos seus maiores inimigos dentro do asilo. Em paralelo a esta história que mostra um Batman abalado de forma física e psicológica, tem-se a história da família Arkham e da loucura que a afetou de maneira direta ou indireta. História bacana de Grant Morrison e arte fantástica de Dave McKean, cuja edição só perde pelo fato de algumas falas do Coringa ficarem meio ilegíveis.


Grandes Astros Batman & Robin #9
. Editora: Panini
. Roteiro: Frank Miller
. Arte: Jim Lee
. Preço: R$ 3,90
Batman e Robin, pintados de amarelo, enfrentam um Lanterna Verde abobalhado dentro de um esconderijo também completamente pintado de amarelo. Em um determinado momento do embate, o iniciante Robin aplica um golpe fatal em Hal Jordan, obrigando o Batman a salvá-lo de seu destino fatal. Esse acontecimento deixa o Batman todo deprimidinho com o que fez ao garoto. Esta série, que prometia ser uma espécie de "Batman e Robin: Ano Um", é uma seqüência infindável de bizarrices como o já citado Lanterna Verde bobalhão, uma dominatrix nazista de topless, entre outras, que prova que nem tudo que vem do Frank Miller presta. Existe uma teoria de que esta série é uma crítica ao mercado dos quadrinhos mas, mesmo com este objetivo, ainda é uma série muito ruim.

1 de setembro de 2008

Momento Donnie Darko

- Na noite passada eu tive um sonho no qual encontrei um homem vestido com uma fantasia de vaca.
- Sério?
- Sério.
- E aí?
- Dei uma voadora no peito dele e o joguei no chão.
- Voadora?
- É. Um losango aberto invertido, tipo o Lindomar, o Sub-Zero brasileiro.
- Ainda bem que você não me chutou, enquanto dormia.
- Pois é.
- Mas afinal de contas: o homem vestido de vaca fez alguma coisa, para você dar uma voadora nele?
- Não.
- E você, do nada, fez isso com o coitado?
- Uai, vai que o puto me fala quando o mundo vai acabar...
- Eu gostaria de saber quando o mundo vai acabar.
- Pra quê? Por acaso você possui algum meio de sair do planeta?
- Não.
- E então?
- Bom, se você, pesado desse jeito, consegue dar uma voadora no peito de um homem vestido de vaca, eu consigo arrumar uma forma de sair do planeta antes dele acabar.
- Eu fiz isso num sonho.
- Tanto faz, Sub-Zero...

31 de agosto de 2008

mySQLgame


Jogo em que você é um registro no banco de dados, e toda a interação é feita através de comandos SQL. A idéia é lembrar (ou mostrar) que esses jogos baseados em browser não passam de interfaces bonitinhas para um banco de dados, como eles descrevem no site.

Uma rápida análise seria o seguinte: jogo interessante, com uma interface bastante poluída e confusa. Ficaria mais bacana se tivesse uma cara mais parecida com o console do mySQL, e permitisse alguns comandos livres, mesmo que limitados a consulta, por questões de segurança e tal. Nerdice total, mas nerdice da boa.

30 de agosto de 2008

Duplo sentido

Imagem perdida em algum site que não me lembro mais:

21 de agosto de 2008

15 de agosto de 2008

Brothers in Arms


O estúdio Thunderdog, em parceria com a galeria mini, organizou um tour por três cidades brasileiras, trazendo os artistas Tristan Eaton, David Flores, Calma, Kid Acne e o grupo francês 123 Klan. Começando hoje no Rio de Janeiro, passará por São Paulo nos dias 16 e 19 deste mês, chegando a Belo Horizonte no dia 23 de agosto, para abertura da exposição Brothers in Arms, na galeria mini.

O endereço da mini galeria é o seguinte:

Rua Teixeira Mendes, 252
Cidade Jardim
Belo Horizonte, MG

7 de agosto de 2008

Micro Resenhas 2

Os Invisíveis: Revolução 1
. Editora: Pixel Media
. Roteiro: Grant Morrison
. Arte: Steve Yeowell, Jill Thompson, Dennis Cramer
. Preço: R$ 44,90
Uma sociedade secreta anárquica busca libertar a humanidade de forças que a oprimem. Neste encadernado, que abrange os primeiros arcos da série, vemos o recrutamento do rebelde Dane McGowan por uma célula dos Invisíveis, assim como sua primeira missão. História muito boa, recheada de referências que vão de John Lennon ao Marquês DeSade, passando por simbolismo egípcio, religião Asteca, hinduísmo, viagem no tempo, entre tantas outras. Altamente recomendável.

Hellboy Edição Histórica Vol. 1 (Sementes da Destruição)
. Editora: Mythos
. Roteiro: John Byrne
. Arte: Mike Mignola
. Preço: R$ 49,90
Para comemorar (aproveitar) os 15 anos do personagem, a Mythos lançou este encadernado de luxo que traz a primeira minissérie do herói publicada pela Dark Horse, na qual vemos a sua origem. Absolutamente obrigatório aos fãs da série.

Fábulas: Lendas no Exílio
. Editora: Pixel Media
. Roteiro: Bill Willingham
. Arte: Lan Medina
. Preço: R$ 32,90
O Adversário dominou a terra dos contos de fadas, forçando aqueles que não foram mortos ou escravizados a buscar refúgio no mundo dos humanos. Este encadernado republicado pela Pixel traz o primeiro arco da série, no qual vemos o aparente assassinato brutal de Rosa Vermelha, irmã gêmea da Branca de Neve. A história é bacana, os personagens dos contos de fadas são abordados de uma forma completamente diferente da qual estamos acostumados e a arte é fantástica, sem querer fazer trocadilho. Só não acho que seja o "novo Sandman", como muita gente alardeou.

Hellblazer: Sangue Real
. Editora: Pixel Media
. Roteiro: Garth Ennis
. Arte: William Simpson (Sangue Nobre), Steve Dillon (Argila Mortal, Corpo e Alma)
. Preço: R$ 34,90
Este encadernado traz histórias escritas por Garth Ennis inéditas no Brasil: Sangue Nobre, Argila Mortal e Corpo e Alma. Na primeira vemos Constantine investigando a morte de um rapaz, cujas pistas apontam para um grupo ligado à Família Real inglesa. As outras duas compõem um arco no qual Constantine ajuda Chas a recuperar o corpo do seu tio falecido recentemente, roubado para a realização de testes de balística. Recomendo muito mais pelo primeiro arco do encadernado, Sangue Nobre, que pelo segundo que, embora seja um Garth Ennis padrão (história bizarra, mutilações e muito sangue), não acrescenta em nada.

Grandes Clássicos DC #11 (Batman: O Messias)
. Editora: Panini
. Roteiro: Jim Starlin
. Arte: Bernie Wrightson
. Preço: R$ 25,90
Batman encontra-se preso nos esgotos de Gotham, subjugado pelo Diácono Blackfire, líder de uma seita que recruta mendigos para acabar com o crime na cidade. Um Batman frágil, confuso, drogado e manipulado. Clássico total e, na minha opinião, melhor que O Cavaleiro das Trevas.

6 de agosto de 2008

Tube Adventures


Adventure em espanhol desenvolvido por uns malucos com a utilização de recursos do YouTube. Meio toscão mas interessante.

5 de agosto de 2008

Doce Novembro


Ontem zapeando me deparei com o filme que, confesso, já vi um monte de vezes: Sweet November.

O filme é de 2001 e na verdade é uma refilmagem da versão e 1968.

É um dos filmes românticos mais lindos que já vi. E nunca vou me cansar de ver sempre que passar.

O filme conta a história de Nelson(Keanu Rivers) que durante a prova de renovação de sua carteira de motorista se depara com a bela Sara(Charlize Theron), fazendo com que ela perca sua licença pra dirigir. Em troca ela pede que ele deixe tudo e vá viver com ela por um mês. Ela diz que isso vai fazê-lo aproveitar mais a vida, já que ele é um workaholic assumido.

4 de agosto de 2008

Mickeythulhu


Certa vez, dando uma navegada aleatória, acabei caindo no site everybodyneeds2drawmickeyonce.com. Animado com a idéia do site, decidi fazer minha própria versão do personagem, influenciada pelos contos de Lovecraft que estava lendo na época, o que resultou nesta aberração cheia de tentáculos e sapato amarelo. O desenho original eu acabei passando depois para o computador, onde dei uma trabalhada para ficar parecido com a imagem que serviu de base, encontrada na Wikipedia.

2 de agosto de 2008

Escola de Rock


O Filme de hoje é Escola de Rock.

É uma comédia de 2003, estrelada pelo único Jack Black e que foi um sucesso nas bilheterias americanas arrecadando algo em torno de 131 milhões de doláres. O filme foi indicado ao Grammy por melhor trilha sonora e ao Globo de Ouro na categoria "melhor ator em comédia ou musical".

A história se baseia na vida de um cara largadão, folgado, que mora na casa de um amigo e que é expulso da sua banda. Sem rumo, ele se passa pelo amigo e aceita uma vaga de professor substituto numa escola particular tradicional. Chegando lá, se depara com alunos muito inteligentes e talentosos. Ao ver uma aula de música dos mesmos decide ensinar rock a eles, que até então só tinham familiaridade com música clássica, e forma uma banda com alguns alunos para participar de um concurso.

Os atores mirins também são muito bons e é um filme pra divertir, com uma trilha sonora bacana com muito rock and roll como The Who (Substitute), The Doors (Touch Me), Led Zeppelin (Immigrant Song), Stevie Nicks (Edge of Seventeen) e Ramones (My Brain is Hanging Upside Down).

Enfim, assistam. Vocês vão adorar e dar boas risadas.

31 de julho de 2008

The Lost Ones


Graphic novel escrita por Steve Niles (autor de 30 Dias de Noite) e ilustrada por Dr. Revolt (artista de graffiti), Morning Breath (dupla de designers), Kime Buzelli (designer de moda) e Gary Panter (artista de quadrinhos), que conta a história de quatro amigos viajantes do tempo (Duncan, Roxy, Rasheed e Cynthia), que embarcam em uma jornada para salvar suas vidas e voltar para casa.

Como não li a graphic novel, não posso falar se a história é boa ou não. Em uma rápida passada, achei que o resultado visual ficou bacana, ainda mais pelos estilos completamente diferentes dos artistas. A quem interessar, The Lost Ones pode ser baixada no Zune Arts, site que agrega artistas de várias mídias, criado com o objetivo de divulgar o Zune, o player portátil da Microsoft.

30 de julho de 2008

Zoológico


Não sei quanto à vocês, mas eu adoro o zoológico. Normalmente as pessoas vão quando criança e depois nem se lembram de visitá-lo.

Pra quem não vai desde criança muitas coisas mudaram. O Jardim Japonês é uma atração nova e o espaço é deslumbrante. Há também a visitação noturna que oferece a possibilidade de conhecer a vida e desvendar curiosidades dos animais de hábito noturno. Ambas visitas precisam de agendamento prévio e são limitadas a pequenos grupos.

Havia um ano que eu não ia e ontem passei o dia lá. Fui com mais 2 pessoas e o zoológico só não está mais bonito por causa das pessoas, esses seres que se dizem pensantes, racionais, mas que são capazes de jogar tudo quanto é tipo de coisa no chão ao invés de jogar na lixeira. E olha que lixeira é o que não falta no zoológico. Mas as pessoas preferem sujar o chão, afinal é obrigação dos outros limpar o que fazemos, né!?

27 de julho de 2008

O futuro da computação em 1975


Nesta apresentação de 1975 você vê termos que ainda aparecem como a grande vantagem (ou até mesmo novidade) dos produtos lançados atualmente: reliability, availability, serviceability... Serviceability? Que merda é essa? Nesses tempos em que a moda é SOA, esse seria o termo do momento, correto? Na verdade não. Segundo a Wikipedia, o termo referia-se à habilidade da equipe de suporte técnico para identificar falhas, instalar, configurar e monitorar hardware e software, além de todo aquele mumble jumble de sempre. Resumindo: já se passaram mais de 30 anos e as promessas das empresas do ramo continuam as mesmas.

26 de julho de 2008

Poster em comemoração aos 20 anos de Sandman


Para comemorar os 20 anos de Sandman, a DC lançou na Comic-Con deste ano um poster com os personagens do universo criado por Neil Gaiman. Cada personagem foi desenhado por um artista que trabalhou na série, como Sam Kieth, Jill Thompson, Mike Allred, P. Craig Russell, entre outros.

25 de julho de 2008

Micro Resenhas

Comentários rápidos e rasteiros a respeito de coisas que andei lendo:


100 Balas: Parlez Kung Vous 1 e 2
. Editora: Pixel Media
. Roteiro: Brian Azzarello
. Arte: Eduardo Risso
. Preço: R$ 7,90 (cada)
Dizzy, personagem que apareceu no início da série em "Atire Primeiro, Pergunte Depois", volta a este arco que a mostra em Paris na tentativa de entender um pouco sobre os mistérios que a cercam desde que aceitou a maleta com as 100 balas não-rastreáveis das mãos do Agente Graves. Trama cada dia mais interessante, fora a arte bacaníssima de Eduardo Risso.


A Casa ao Lado
. Editora: HQM Editora
. Roteiro: Diogo César
. Arte: Pablo Mayer
. Preço: R$ 14,90
Felipe e uma vizinha pulam o muro de uma casa abandonada da vizinhança, que dizem ser assombrada. Uma névoa misteriosa envolve a casa, acompanhada da aparição de vultos que aparentemente raptam os jovens. Resta ao pai de Felipe, pressionado pela mãe da jovem também desaparecida, sua ex-esposa, entre outros a vasculhar a casa e tentar encontrar seu filho e a garota que o acompanhava. HQ nacional de primeira.


Hellboy: A Feiticeira Troll & Outras Histórias
. Editora: Mythos Editora
. Roteiro: Mike Mignola
. Arte: Mike Mignola, P. Craig Russel e Richard Corben
. Preço: R$ 38,90
Coletânea de histórias curtas escritas por Mignola, algumas publicadas em outras coletâneas e especiais da Dark Horse: Penanggalan, A Hidra e o Leão, A Feiticeira Troll, O Vampiro de Praga, A Experiência do Doutor Carp, O Ghoul e Makoma. As histórias, apesar de curtas, são boas. Entretanto, os comentários de Mignola que as acompanham chegam, às vezes, a ser mais interessantes que elas.


Planetary e Authority: Dominando o Mundo
. Editora: Pixel Media
. Roteiro: Warren Ellis
. Arte: Phil Jimenez
. Preço: R$ 11,90
Um ataque alienígena (com direito a uma criatura lovecraftiana) à cidade de Judgment, em Rhode Island, leva os dois grupos a enfrentarem a ameaça, cada um à sua maneira. Apesar das referências à Lovecraft e aos Mitos de Chtulhu, é uma HQ que deixou a desejar, principalmente quando comparada ao que se encontra nas séries regulares dos dois grupos.


WildC.A.T.S.: Guerra de Gangues
. Editora: Pixel Media
. Roteiro: Alan Moore
. Arte: Travis Charest, Aron Wiesenfeld, Ryan Benjamin, Jim Lee, entre outros
. Preço: R$ 36,90
A equipe original dos WildC.A.T.S. volta à Terra em meio a uma guerra violenta entre super-heróis e super-vilões. Alan Moore é o cara, mas este deve ser um dos seus piores trabalhos, muito aquém do que ele pode oferecer. Altamente dispensável.

24 de julho de 2008

Receita: Bolo de Caneca

Quem não gosta de bolo de chocolate? Ainda mais quando é rápido, fácil e gostoso...

Esse bolo é feito numa caneca que possa ser levada ao microondas, e demora só 3 minutos pra assar.

Anota aí os ingredientes:

  • 4 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 4 colheres de sopa de nescau
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de leite
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • Opcional: castanhas moídas, nozes, gotas de chocolate...

Para a calda:

  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de nescau
  • 1 colher de sopa de leite
  • 1 colher de sobremesa rasa de manteiga

Modo de Preparo:

Coloque na caneca a farinha, o açúcar e o nescau. Misture tudo muito bem. Acrescente o ovo e misture com um garfo.

Por último, coloque o leite e o óleo.

Mexa pra que tudo fique bem dissolvido e leve ao microondas, na potência alta, por 3 minutos.

Para a calda mistute todos os ingredientes num recipiente à parte e depois de misturado, derrame sobre o bolo. Leve de volta ao microondas por 30 segundos na potência alta.

Vocês vão adorar. Me contem depois o que acharam.

21 de julho de 2008

Uma Escola de Arte Muito Louca


Esse filme é de 2006 e é baseado numa história em quadrinhos do desenhista Daniel Clowes. A inspiração para a história veio dos tempos em que ele estava na faculdade de artes.

Logo no início do filme vemos os calouros chegando em mais um ano de curso e os estereótipos logo aparecem. Vemos uma hippie que desce de um carro, um músico que deixa cair sua caixa de violão e ao abrir, revela que tem de tudo menos um violão dentro. Tem também uma menina cheia de tatuagens que se depede dos pais e sai segurando um urso de pelúcia. Enfim, são muitos os estereótipos colocados na tentativa de satirizar o mundo da arte.

17 de julho de 2008

House of Cards 3D Viewer


Visualizador tridimensional de dados utilizado no clipe da música House of Cards do Radiohead, que disponibilizou os 370 MB de dados dos pontos que renderizaram o rosto do Thom Yorke, assim como o código-fonte para processamento destes dados.

14 de julho de 2008

Tideland


Ontem assistimos a um filme muito interessante, no qual os atores dão um show de interpretação, principalmente a atriz mirim Jodelle Ferland que interpreta Jeliza-Rose.

O filme é de 2005 e na época foi massacrado pelos críticos. Mas acredito que eles não entenderam o filme, não tiveram sensibilidade de captar as sutilezas da vida dos personagens, que gira em torno da vida de uma menina cujos pais são viciados em heroína e, pra fugir da solidão que é sua vida, ela desenvolve uma vida de fantasias malucas.

O filme tem referências de "Alice nos País das Maravilhas" e apesar de ter uma criança como foco central é um filme para adultos.

Um filme pra gente pensar, viajar...

13 de julho de 2008

I Met The Walrus


Em 1969 Jerry Levitan entrou no quarto de John Lennon e gravou a conversa que teve com o músico. 38 anos depois esta gravação serviu de base para o curta "I Met The Walrus", produzido pelo próprio Jerry Levitan e dirigido por Josh Raskin. A versão em alta definição também pode ser encontrada no YouTube.

12 de julho de 2008

Western Spaghetti


Curta em stop motion feito pelo pessoal do PES, responsável pelo excelente Game Over.

10 de julho de 2008

Mark Ryden


Um dos artistas mais talentosos e meu predileto, Mark Ryden é um gênio.

Suas obras mexem com a gente; elas misturam inocência, coisas bizarras e são repletas de mensagens subliminares.

À primeira vista pode chocar alguns, mas sem dúvida ele nos faz pensar.

A beleza da pinturas é tamanha que eu nunca me canso de vê-las.

Uma das minhas prediletas é da seção Blood e talvez seja a mais conhecida dele. O olhar da menina na pintura é muito real, parece que ela está clamando por alguma coisa. A gente quase consegue tocar...

As cores, as formas, o diferente... Tudo é fascinate

8 de julho de 2008

Meu nome não é Marcão

Uma coisa que incomoda é quando alguém troca meu nome. Esse tipo de situação acontece direto comigo, e eu sempre fico naquela falta de graça de corrigir a pessoa, o que acaba reforçando para ela que meu nome realmente é aquele pelo qual fui chamado.

Só para exemplificar, na empresa em que eu trabalhava havia um cara que cismou que eu me chamava Marcelo. O pior é que aconteceu de uma vez estar conversando com ele, quando alguém chegou e me chamou de Gustavo. Como ele continuou me chamando de Marcelo depois desse dia, imagino que na hora ele deve ter pensado: "Putz, aquele imbecil está chamando o Marcelo de Gustavo, mas o Marcelo é gente boa e ficou sem graça de corrigir."

4 de julho de 2008

Trailer RocknRolla

Não sei vocês, mas eu curto muito os filmes do Guy Ritchie.

Ele que já fez os maravilhosos "Snatch - Porcos e Diamantes" e "Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes" vem agora com o novo filme "RocknRolla".

Dê só uma olhada no trailer:

3 de julho de 2008

O Estagiário Fujão


Vocês já tiveram um dia ou um momento em que tiveram vontade de sair correndo de uma conversa ou até mesmo do serviço e abandonar tudo?

Às vezes passa isso pela nossa cabeça né?! Mas realizar essa vontade é outra coisa, até mesmo porque pega mal. Imagina você encontrar a pessoa depois! Vai falar o quê? Que teve uma mega dor de barriga e teve que sair às pressas?

2 de julho de 2008

Wordle

Minigames do WiiPlay rejeitados

Na verdade nada esconde essa minha timidez

- Olha a cobrinha fanfarrona / Ela vai te pegar / Olha a cobrinha fanfarrona / Ela vai te pegar...
- Chegou o arauto das earworms, ou melhor: ohrwurm.
- O que é isso?
- São essas músicas pegajosas...
- Eu sei! Estou falando do alemão.
- Ah, tá. Alemão dá um toque erudito. Termos em inglês são coisas de arquitetos Java.
- É verdade. Aqui, imita o Caetano Veloso aí.
- Hã? Eu não sei imitar o Caetano Veloso não.
- Sabe sim. A Fernanda me contou. Ela falou que você imita tão bem, que ela consegue imaginar o Caetano Veloso ao lado dela quando fecha os olhos.
- Ela é exagerada. Uma vez ela falou que eu entendia tudo de vampiros e coisa e tal. Segundo ela eu era um expert no assunto, praticamente um Bram Stoker ou Anne Rice.
- Não muda de assunto não! Imita o Caetano Veloso aí, Van Helsing.
- Minha voz está ruim hoje.
- Só se ficou ruim agora.
- É o ar condicionado.
- Imita aí, pô!
- Virei o bobo da corte agora? Imita isso, imita aquilo... Sem chance!
- Uma frase, pelo menos.
- Não.
- Por quê?
- Estou com vergonha.

30 de junho de 2008

Ela não sabe brincar

Baseado em fatos reais...

- Aaaaargh! Alguma coisa atingiu meu pescoço!!!
- Tem um espetinho de churrasco atravessando o seu pescoço.
- Puta que pariu! Tá doendo demais!
- Peraí que eu vou tirar...
- Não, espera! Aaaaargh! Filho da puta!!! Quem mandou você tirar?! Agora minha roupa tá ficando toda suja de sangue!
- Melhor do que sair andando por aí igual a um figurante de filme de faroeste.
- Quem fez isso?!

Enquanto isso na sala de jantar...

- Acho que estou com anorexia.
- Perdeu o apetite?
- Não, até que estou comendo normalmente.
- Por que você estaria com anorexia, então?
- Toda vez que eu me olho no espelho, vejo um cara gordo.
- Mas você está meio redondinho mesmo.
- Barrigudo.
- Quanto você está pesando?
- 100kg.
- 100kg?! Êita!
- 104,5kg na verdade, mas eu tenho as pernas fortes.
- Pra suportar esse peso todo...
- O peso das pernas faz parte do meu peso total, falou?
- É verdade; tinha esquecido disso. Por que você não faz um regime?
- Regime? Que porcaria é essa? Me passa as batatas fritas, por favor...

27 de junho de 2008

Mentiras no Divã

Essa semana comecei a ler o livro “Mentiras no Divã” do Irvin D. Yalom.

O livro fala sobre as virtudes e os princípios da terapia.

Nele é dissecada a complexidade das emoções humanas através do relacionamento de três terapeutas e seus pacientes.

É um livro interessantíssimo e deve ser lido até por quem não é da área porque trata de sentimentos muito fortes, de uma maneira clara e que prende o leitor.

25 de junho de 2008

Festa Junina


Gente! Estamos em junho e não acredito que até agora não publiquei nada falando de festa junina, logo eu que amo uma festa e esta principalmente.

Sabia que no início o nome era "Festa Joanina"? É que nesse mês são homenageados três santos: São João, Santo Antônio e São Pedro. E o nome da festa homenageava principalmente São João, por isso no nome "Joanina".

24 de junho de 2008

Me passa o guardanapo, rápido!


Negócio chato é rasgar, molhar ou sujar a roupa quando você não está em casa para poder trocá-la. O pior é que toda hora chega um espirituoso e te chama atenção para o sujo (ou rasgado), como se você não tivesse visto antes.

Rasgar a roupa não é uma coisa tão comum como sujá-la. Aliás, sujar a roupa é fácil demais: basta escovar os dentes que você corre o risco de cair creme dental na blusa, basta comer massa que a chance de respingar molho em você é grande, basta comer sanduíche para aquela mistura de maionese com catchup cair na sua calça, deixando aquela manchona bonita e coisa e tal.

Precisamos de óculos?!

Não sei se vocês acompanham esse "mundinho" de celebridades.

Acho que estou sendo preconceituosa e mesmo que não acompanhemos e não sintamos necessidade de seguir tudo que nos é dito (porque aparece cada coisa!), acabamos lendo uma coisa ali e ali.

Hoje tava navegando à toa e li num desses sites que falam de tudo um pouco, que a atriz Siena Miller (modelo, socialite inglesa e atriz famosa por filmes como Alfie, Casanova, Factory Girl, Stardust,entre outros) está se achando acima do peso.

21 de junho de 2008

Mais sobre o desembucha.com...

... blogs e coisa e tal num rápido bate-papo com Rafael Barbosa, do blog Sem título ainda!

Pequena Miss Sunshine


Há algum tempo queria falar sobre um filme, que já vi muitas vezes, e que é surpreendente.

Estou falando de “Pequena Miss Sunshine”. O Filme é de 2006 e todos os atores estão deslumbrantes em suas atuações.

O filme conta a história de um pai da família que se considera um guru de auto-ajuda. Ele escreveu um livro com nove passos para alcançar o sucesso, mas não consegue publicá-lo. A mulher é dona de casa e parece não acreditar no marido. O pai dela é drogado e mora com eles. O casal tem dois filhos, um adolescente que está sem pronunciar uma única palavra há meses, acreditando que isso o fará realizar seu grande sonho que é ser piloto. A filha Olive é uma criança gordinha que sonha em ganhar um concurso de beleza. O cunhado é homossexual e depois de tentar o suicídio vai passar um tempo na casa da irmã.

18 de junho de 2008

O melhor vídeo de skate que já vi

Posso ajudar?

Não sei como tem gente que atura aqueles vendedores que, assim que você entra na loja, já estão esperando perto da porta, prontos para dar o bote:

- Bom dia, posso ajudá-la?
- Que susto você me deu, minha filha!
- Desculpe-me.
- Oh, não se desculpe. Eu estava mesmo perdida em pensamentos...
- Ah, claro. Posso ajudá-la?
- Por quê? Estou com cara de quem precisa de ajuda?
- Não! Eu só estava...

8 de junho de 2008

Carnaval na Obra


Sem nada para fazer no domingo de manhã? Faça como esse pessoal!

5 de junho de 2008

Yoga


Sempre tive curiosidade a respeito da Yoga (palavra que vem da raiz sânscrita Yuj, que significa "unir"). Yoga é a união do eu ou consciência individual com o espírito interior. Samadhi é o nome do estado de hiperconsciência que o ser humano atinge ao conseguir o objetivo final da Yoga, que é a união entre corpo, mente e alma. No Brasil, a grafia pode ser Yoga ou Ioga.

Pensava que não ia gostar, já que sou muito elétrica e achava que Yoga era aquela paradeza. Mesmo assim resolvi que era hora de buscar uma coisa nova e ver o que era realmente essa tal de Yoga, que a gente tanto ouve falar mas não sabe direito o que é.

Já no primeiro dia me surpreendi com exercícios que nunca tinha feito e que pareciam até engraçados à primeira vista.

2 de junho de 2008

Qual o valor de uma amizade?

Não sei quanto à vocês, mas eu dou muito valor aos meus amigos. Gosto de recebê-los em casa, de sair e rir junto com eles, dar presentes a eles e, principalmente, ouvi-los sempre que precisam.

Acho que amigos são jóias preciosas, que trazem novas visões, questionamentos e nos fazem pensar sobre nós próprios. Uma verdadeira amizade nem sempre é calma. Ela pode passar por turbulências, mas se a amizade é verdadeira, ela supera tudo e se torna ainda mais forte.

Acho triste pessoas que, por estarem vivenciando um novo momento em suas vidas, esquecem dos velhos amigos, daqueles que sempre estenderam as mãos quando foi preciso. É ótimo que novas amizades sejam feitas, mas esquecer das antigas e só procurá-las quando for preciso é o correto? Por que não incorporar o novo ao que já existia?

Tá bom, sei que o papo tá chato, só reclamação. Mas eu fiquei chateada hoje com uma coisa que já vem acontecendo há algum tempo e resolvi desabafar aqui. Quem sabe meu amigo não lê isso e se lembre daqueles tempos em que saíamos de bobeira e nos divertíamos à beça?

Para vocês, meus amigos, um muito obrigada por fazerem parte da minha vida. E ao meu melhor amigo, te amo.

1 de junho de 2008

Apocalipse Motorizado


Charge de Andy Singer, extraída do livro (que não li) Apocalipse Motorizado: A Tirania do Automóvel em um Planeta Poluído, que a Conrad havia disponibilizado para download gratuito até o dia 20/05/2008.

28 de maio de 2008

Primeira foto dos Minutemen


Zack Snyder, diretor da adaptação de Watchmen para o cinema, liberou a primeira foto dos Minutemen ao site Ain't It Cool News.

Gramado

A maioria das pessoas que conheço quando pensa em viajar, têm em mente praia. Todavia eu não faço parte desse grupo (isso se nota pelo meu bronzeado) e esse ano fomos para Gramado.

Não sei se vocês já tiveram a oportunidade de conhecer o Rio Grande do Sul, mas vale a pena. É um estado com cidades lindas e Gramado é um exemplo. É um local belíssimo, limpo, composto por moradores que têm orgulho e carinho para com a cidade.

A cidade tem atrações o ano inteiro, o gostoso é ficar por conta própria e andar pela cidade, conversar com os moradores, ver cada cantinho, cada particularidade e, olha, tivemos muitas surpresas. Nos apaixonamos pela cidade.

27 de maio de 2008

Slide Away


Cair é uma coisa desagradável. A pessoa normalmente se machuca, fica suja e com uma baita vergonha. O pior é que, além da pessoa estar toda sem graça porque sempre tem algum sádico pra rir dela, sempre chega um e pergunta: machucou? Nessas horas dá vontade de responder: Não, sua mula! Não machuquei não. Minha mão está toda ralada e sangrando, mas não estou sentindo dor nenhuma, porra!

Quando eu era criança, tinha o costume saudável de cair de vez em quando. Uma vez, atravessando a rua em frente à casa da minha avó, escorreguei e caí no meio da pista. Levantei, comecei a correr pra terminar de atravessar a rua e vaí de novo. Praticamente um "2 hit tombo".

25 de maio de 2008

Jogos de tabuleiro

Quem é que nunca jogou um jogo de tabuleiro?

Eu confesso que há muito tempo não me divertia com esses jogos, mas ontem reuni uma galera aqui em casa (confesso que ficaram faltando duas pessoas muito especiais: Dani e Cláudia) e jogamos Banco Imobiliário.

Foi muito legal. Adoro aquelas notinhas coloridas e o cltinhas coloridas e o clima que se forma em torno da mesa. Inclusive já estamos combinando uma próxima, com jogos diferentes.

Se você, assim como eu, não fazia isso há tempos, sugiro que passe a mão no telefone e convide seus amigos para uma noite de brincadeiras, risadas, competição (por que não?) e muita diversão.

Fim de Moonlight

Li hoje pela manhã uma matéria informando o cancelamento de Moonlight. Uma pena, já que a produção era bem feita e os casos interessantes. Mas, mesmo assim, vale a pena assistir a primeira temporada que se encerra essa semana aqui no Brasil.

24 de maio de 2008

A Décima Flecha

Aí vai um conto que escrevi há algum tempo, inspirado em uma lenda do folclore chinês:

Esta é uma longa história minha jovem... Eu tinha aproximadamente a sua idade, mas já trabalhava para o Senhor Chiang. Na época eu era a mais bela das garotas, e atendia apenas aos clientes especiais.

Um destes clientes chamava-se Senhor Huizong, um amigo de longa data do Senhor Chiang. Ele era um homem diferente, que nunca quis nada comigo além da minha companhia para jantar e conversar.


23 de maio de 2008

desembucha.com


Já ouviu falar do desembucha.com? Provavelmente não. O desembucha.com foi o primeiro (até onde eu sei) site brasileiro para criação/hospedagem de blogs, que teve uma curta vida entre maio de 2001 a setembro do mesmo ano.

O site surgiu porque eu queria começar um blog, e cismei de desenvolver um sistema próprio. Se me lembro bem, o Blogger (irônico, não?) na época exibia banners nos blogs, e eu achava isso meio invasivo. Daí a idéia de um sistema próprio, sem banners e tal.

19 de maio de 2008

Moonlight


Gente!!!! Ontem tava zapeando pela TV à tarde, e acabei deixando na Warner no seriado Moonlight. Até então nunca tinha visto sequer um episódio, mas não é que eu gostei? Ver aqueles vampiros lutando é doido demais. Fiquei curiosa e agora vou ver todos. O Gu, grande conhecedor de vampiros, achou sem graça e errada algumas colocações sobre os mesmos, mas eu achei muito legal. Principalmente porque o vampiro da série é bonzinho e muito lindo.

Depois que acabou o seriado fiquei pensando: se eu pudesse escolher um poder, qual seria? A imortalidade dos vampiros? O poder de voar, de teletransportar ou de ler mentes? Sei lá... E se isso caísse em mãos erradas? Mas vamos pensar que no mundo só teria gente bacana?! Então o poder que eu escolho é o de teletransportar. Isso é algo que nunca vai acontecer, mas a imaginação tá aí é pra gente usar como quiser, né?!