24 de dezembro de 2015

Feliz Natal e coisa e tal


Desejamos aos nossos três leitores boas festas e um 2016 repleto de realizações. Ano que vem nos encontramos de novo por aqui ;-)

Feliz Dia da Vida e que a Força esteja com vocês!

21 de dezembro de 2015

Chá de VHS - Star Wars Holiday Special

Chá de VHS - Star Wars Holiday Special

A cada três anos celebra-se em Kashyyyk o Dia da Vida, um dia sagrado para os wookies. Chewbacca é um desses que segue firmemente a tradição de voltar ao seu planeta nesta época, mas o encontro com tropas do Império pode atrapalhar os seus planos.

Para a sorte do wookie, Han Solo está disposto a ajudá-lo a chegar em casa. A dupla só não imagina que Darth Vader, à procura dos rebeldes envolvidos com a destruição da Estrela da Morte, ordenou um bloqueio a Kashyyyk, impedindo qualquer um de entrar ou sair do planeta.

Enquanto Chewie não volta para Kashyyyk, cabe à sua família lidar com os oficiais do Império que invadiram sua casa para buscar provas que possam conectar os wookies à Rebelião.

14 de dezembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 7 (Season Finale)

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 7 (Season Finale)

Twin Peaks é uma cidade pequena localizada ao norte do estado de Washington, na fronteira dos EUA com Canadá. Há uma semana, a rotina dos seus 51.201 habitantes foi virada ao avesso com a descoberta do corpo de Laura Palmer às margens do rio, enrolado em plástico.

Laura Palmer era uma garota de 17 anos que, como tantos outros na cidade, vivia uma vida dupla. Muitos conheciam seu lado de boa moça – alguns chegavam até mesmo a chamá-la de "Santa Laura", pelo seu envolvimento voluntário em programas como o Refeições Sobre Rodas, por exemplo –, mas poucos estavam familiarizados com seu histórico de vício em cocaína e envolvimento com prostituição, ambos frutos de um lado obscuro corrompido pelo mal que habita a floresta ancestral de Twin Peaks.

De uma longa lista de suspeitos, apenas dois ainda permanecem sob a mira da polícia: o traficante Jacques Renault e o violento caminhoneiro Leo Johnson, com os quais Laura esteve na noite em que foi assassinada. Um terceiro homem também pode estar envolvido no crime, mas os investigadores nada sabem a seu respeito. Seria ele BOB, o homem de cabelos brancos visto por Sarah Palmer?

Há quem possa justificar a morte de Laura Palmer em função do seu estilo de vida, mas o fato é que a jovem foi vítima de um serial killer. Por uma questão de jurisdição, a investigação do crime ficou a cargo do FBI, representado por Dale Cooper, um agente de metodologias incomuns, obcecado por café e tortas de cereja, que infiltra-se no cassino/bordel canadense One-Eyed Jack's para encontrar Jacques Renault.

7 de dezembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 6

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 6

Jacques Renault é o principal suspeito do assassinato de Laura Palmer. O canadense trabalhava como barman no Roadhouse, de onde comandava um esquema de tráfico de drogas com Leo Johnson e Bobby Briggs, financiado pelo figurão Benjamin Horne. O violento Leo é um criminoso notório e também um dos suspeitos do assassinato de Laura, mas Bobby envolveu-se no esquema a pedido da namorada, que teria nele um fornecedor constante de cocaína.

Evidências encontradas no apartamento de Renault indicam que o canadense atuava como cafetão de Laura e Ronette Pulaski, com as quais esteve, acompanhado também de Leo e do mainá Waldo, na noite em que a jovem fora assassinada. O mainá, uma ave capaz de imitar falas, surge como uma improvável testemunha do que aconteceu naquela noite do dia 23 de fevereiro de 1989, e pouco do que ele "diz" antes de ser eliminado por Leo Johnson consegue, ao menos, ligar o caminhoneiro às agressões sofridas por Laura no dia da sua morte.

Quando os Book House Boys apertaram o cerco a Jaques pela distribuição de drogas em Twin Peaks, o barman cruzou a fronteira e desde então tem trabalhado no cassino One-Eyed Jack's, para onde Dale Cooper e Big Ed, disfarçados como os cirurgiões dentistas Fred e Barney, dirigem-se a fim de continuar com a investigação, em caráter completamente não oficial.

30 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 5

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 5

Jacques Renault, o mais novo suspeito do assassinato de Laura Palmer, está foragido, e a equipe responsável pela investigação, comandada pelo agente especial Dale Cooper e pelo xerife Truman, está no apartamento do barman canadense coletando provas, à medida que devoram dezenas de donuts e alguns litros de café.

Uma das primeiras evidências encontradas no local é a camisa ensanguentada de Leo Johnson, o maior suspeito até então, plantada por Bobby Briggs na noite do dia anterior. Diferente do que se imaginava, o sangue na camisa é do próprio Renault e não de Laura.

Além de um exemplar da revista Flesh World, que confirma a ligação de Laura, Ronette, Leo e Jaques em uma trama de prostituição, Cooper encontra a foto de uma cabana com as janelas cobertas por cortinas vermelhas como as do seu sonho.

Chegou a hora de deixar o ambiente carregado do apartamento de Jacques Renault para um passeio pela floresta.

23 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 4

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 4

Em seu sonho, o agente especial Dale Cooper conversou com um homem de um braço só. MIKE era seu nome e ele cortou o próprio braço esquerdo para parar de matar, coisa que BOB, seu amigo, voltará a fazer.

Hawk já havia visto o homem de um braço só enquanto tomava o depoimento dos pais de Ronette Pulaski no hospital em que a jovem fora internada – não por acaso o mesmo no qual o corpo de Laura Palmer era mantido –, mas não conseguiu seguí-lo.

Três dias após tê-lo visto pela primeira vez, Hawk rastreia – olha o clichê indígena aí – o homem de um braço só até o motel Timber Falls, para onde Cooper e o xerife Truman apressam-se para interrogá-lo.

O nome do homem de um braço só é Philip Michael Gerard e ele é vendedor de sapatos; diferente do esperado, ele não reconhece o retrato falado de BOB, o que apareceu nas visões de Sarah Palmer e no sonho de Cooper; Gerard até possui um melhor amigo com o nome de Bob Lydecker, mas Lydecker está em coma no hospital em que o homem de um braço só foi visto.

16 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 3

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 3

Três dias após ter sido encontrado às margens do rio, enrolado em plástico, o corpo de Laura Palmer finalmente será enterrado no cemitério de Twin Peaks, uma pequena cidade onde a morte de uma jovem de 17 anos não é mais uma a entrar para as estatísticas; lá toda vida importa, toda vida faz sentido.

Laura Palmer era uma garota bonita e popular. Além de trabalhar como vendedora de perfumes na loja de departamento Horne's, Laura dava aulas de inglês a Josie Packard, era voluntária no programa Refeições sobre Rodas e ainda assistia Johny Horne, o filho mais velho do figurão Benjamin Horne. Mas a jovem também tinha um lado sombrio...

Todos que conheciam Laura Palmer foram afetados, de alguma maneira, por sua morte. Bobby Briggs, o quarterback valentão e histérico com quem a jovem mantinha um namoro oficial, interrompe o funeral da rainha do baile aos berros:

– "Vocês me enojam. Vocês, malditos hipócritas, me enojam! Todos sabiam que ela estava com problemas, mas não fizemos nada. Todos vocês. Vocês querem saber quem matou Laura? Vocês a mataram! Todos nós a matamos."

9 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 2

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 2

Pouco mais de 3 anos antes do assassinato de Laura Palmer, o agente especial Dale Cooper teve um sonho. Este sonho o levou a solidarizar-se com a causa tibetana, mas também deu ao agente, de forma inconsciente, uma técnica dedutiva que envolve uma "coordenação entre corpo e mente, operando em conjunção com um profundo nível de intuição".

Reunido com um seleto grupo de membros do corpo policial de Twin Peaks – xerife Truman, Lucy, agentes Hawk e Andy –, Cooper utiliza esse método heurístico peculiar para reduzir uma lista de suspeitos levantada com base em uma passagem escrita no diário de Laura Palmer em seu último dia de vida: "Nervosa por encontrar com J hoje à noite".

A lista de pessoas ligadas à vítima e que possuem a letra "J" no nome é pequena: James Hurley, o namorado secreto; Josie Packard, que recebia aulas de inglês com Laura; Johnny Horne, um jovem com necessidades especiais assistido pela garota; Norma Jennings, coordenadora do programa Refeições sobre Rodas, do qual Laura participava; Shelly Johnson, amiga da vítima; os maiores suspeitos Dr. Jacoby, psiquiatra de Laura, e Leo Johnson, marido barra pesada de Shelly e aparentemente sem ligação alguma com a rainha do baile.

2 de novembro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 1

De Volta a Twin Peaks - Primeira Temporada, Episódio 1

Em um rústico, mas aconchegante, quarto do hotel Great Northern, o dia começa para Dale Cooper, aproximadamente 24 horas após o corpo de Laura Palmer ter sido encontrado por Pete Martell. Entre divagações sobre suas condições de acomodação, duas dúvidas perturbam pessoalmente e profissionalmente: "O que realmente aconteceu entre Marilyn Monroe e os Kennedys, e quem realmente puxou o gatilho contra JFK?"

Na parada para o café da manhã, Cooper conhece Audrey Horne, interpretada pela bombshell Sherylin Fenn, em sua melhor fase. Audrey é da mesma turma que Laura Palmer frequentava no colégio e seu irmão – Johnny Horne, com 27 anos de idade, mas com idade mental de 3 – recebia cuidados da vítima, mas as duas não eram amigas.

A morte de Laura é recente e a investigação mal começou, mas já há muito a fazer e o agente especial Dale Cooper não quer perder tempo.

26 de outubro de 2015

De Volta a Twin Peaks - Episódio Piloto


24 de Fevereiro de 1989. Ainda é bem cedo quando o pacato Pete Martell sai para pescar. Às margens do rio ele encontra um corpo. "Ela está morta... enrolada em plástico." é tudo que o vemos falar ao telefone com o xerife Harry S. Truman.

O céu está nublado e o dia bastante frio quando o xerife chega ao local em que o corpo foi encontrado. A vítima é Laura Palmer, uma garota popular na pequena Twin Peaks, uma cidade ao norte do estado de Washington, quase na fronteira com o Canadá.

No mesmo dia, o desaparecimento de Ronette Pulaski é comunicado à polícia, mas a jovem é encontrada viva, caminhando pela linha do trem em estado de choque e bastante ferida. Aparentemente as duas foram vítimas da mesma pessoa, mas é o fato de Ronnette ter atravessado a fronteira do estado que faz com que o FBI, representado pelo agente especial Dale Cooper, assuma a investigação dos dois crimes.

19 de outubro de 2015

Descobrindo BH - Está Chovendo Hambúrguer 5

Apesar de já ter publicado uma lista com os 5 melhores hambúrgueres de Belo Horizonte, a saga continua:

Bar Café Arcangelo

Está Chovendo Hambúrguer - Bar Café Arcangelo

Com 5 anos de existência, o Arcangelo é um dos lugares mais... despretensiosos que já conhecemos. Vizinho do Dub, o bar é outro a privilegiar os clientes com a bacanuda vista da arquitetura gótica do Centro de Referência da Moda

De propriedade do escultor argentino Santiago Calonga, o maior responsável por revigorar a vida noturna na sobreloja do Maletta, o café transpira arte e até mesmo um pouco de caos, o que acaba atraindo um público mais descoladex. Isso, entretanto, não significa que gente menos inconvencional seja mal recebida.

Drinks predominam no cardápio, que muda de tempos em tempos, mas além das bebidas e petiscos encontramos três opções – uma delas vegana – de hambúrgueres, das quais escolhemos o sem frescura Hamburguesa – pão de batata, hambúrguer artesanal de 180g, alface, tomate, queijo, presunto e bacon.

Contrariando minha expectativa, o sanduíche estava bem bom. A carne, suculenta e bem temperada, me remeteu aos hambúrgueres caseiros que a Fernanda e/ou o meu irmão fazem de vez em quando. Certamente um dos melhores da cidade.
  • Endereço: Rua da Bahia, 1148 - Centro

12 de outubro de 2015

Tabletop - Hero Kids

Tabletop - Hero Kids

Eu, que esporadicamente sou invocado das trevas em que habito para executar a tarefa causticante de cuidar de enfrentar uma criatura ainda mais vil e tenebrosa, minha cunhada de 7 anos, não pensei duas vezes quando tomei conhecimento de um bundle de RPG's infantis: chegou a hora de rolar uns dados!

Entre os jogos que compunham o pacote, um em especial chamou a minha atenção por não se tratar de histórias em que os jogadores interpretam sereias pela temática de fantasia medieval e uma pegada aventuresca: o premiado Hero Kids.

Escrito por Justin Halliday, Hero Kids é um RPG recomendado para crianças de 4 a 10 anos. O "módulo básico" do jogo, que pode ser encontrado no prático DriveThruRPG, é composto pelo obrigatório manual de regras, um micro bestiário, uma aventura introdutória – Basement O Rats e as fichas prontas de 10 personagens de ambos os sexos, das mais variadas classes: Guerreiro, Feiticeiro, Caçador, entre outras.

5 de outubro de 2015

Index Librorum - Shogum dos Mortos (Daniel Werneck)

Index Librorum - Shogun dos Mortos (Daniel Werneck)

Japão, 1666. Decidido a vencer uma guerra antes mesmo dela começar, o daimiō Hideki Tachikawa faz um pacto com a deusa caída Izanami. O shōgun busca um exército invencível, mas a entidade das sombras acaba por transformar em imortais todos os soldados e membros do seu clã.

Shima Kuretake é um desses soldados, o primeiro a voltar da morte. Participante de uma guerra na qual se envolveu apenas por pedido do pai, o jovem samurai foge do campo de batalha para tentar voltar à vida normal ao lado da família e dea sua amada Tomoko.

Entre os outros mortos revividos, um grupo de soldados - os Sete Condenados - liderados pelo nobre Capitão Takahata recebe a tarefa de executar Daisuke Yatsutomo, o filho do shōgun rival, enquanto são caçados pela mortal monja Lua da Primavra.

28 de setembro de 2015

Mão na Massa - Pão Integral

Mão na Massa - Receita de Pão Integral

Quando criança, inspirado pelas aventuras de Huguinho, Zezinho e Luizinho, eu fui escoteiro. A experiência durou pouco mais de um ano, talvez, terminando logo após o bastante aguardado acampamento, que provou-se uma furada tão grande quanto qualquer outra que envolva viver como humanos primitivos.

Por algum motivo que desconheço agora, além de líder da patrulha eu acumulava a função de cozinheiro. Arroz, macarrão e sopa eram minhas especialidades, mas eu estava no espectro completamente oposto destes chefs mirins dos concursos de culinária na TV – vale lembrar: esse papo de cozinha gourmet não era brincadeira de criança nos anos 80. Ainda assim, segundo as minhas vítimas, meu tempero era melhor que o das cozinheiras da cantina do colégio...

Minhas experiências no fogão (ou na fogueira, para ser mais exato) acabaram quando voltamos de Rio Acima, pois minha vontade de cozinhar se devia apenas a uma questão de sobrevivência. Depois disso, o máximo que eu me permiti foi "assar" uma ou outra lasanha de micro-ondas, também pela questão de vencer a fome.

Acontece que de uns tempos pra cá eu cismei de colocar os pés na cozinha novamente, sem ser para lavar os pratos. Tenho ideia de testar – algum dia, quem sabe – receitas do meu irmão, mas começo devagar, com um dos alimentos mais antigos produzidos pelo homem: o pão.

21 de setembro de 2015

Index Librorum - The Martian (Andy Weir)


Em um futuro não tão distante, a humanidade envia seu terceiro grupo de astronautas a Marte. A missão ainda está no início, quando uma tempestade de areia atinge o sítio de exploração, colocando em risco o retorno da tripulação, que se vê obrigada a sair do planeta antes do planejado.

Em meio à operação de evacuação, um dos astronautas – o botânico e faz-tudo Mark Watney – acaba perfurado por uma antena quebrada como consequência da tempestade, e o pior: a força do vento o joga para longe dos seus colegas de equipe, que não têm outra opção a não ser deixá-lo para trás, visto que seus sinais vitais foram interrompidos.

Para sorte (ou não) de Mark Watney, ele sobrevive ao acidente. Sem ter como comunicar-se com a NASA, sua esperança é manter-se vivo até a próxima missão Ares, na qual pretende ser resgatado. Para isso, o astronauta precisa, entre outras coisas, cultivar alimentos no solo árido e infértil do planeta em que acabou preso.

17 de setembro de 2015

Descobrindo BH - Rock & Dog Dogueria

Descobrindo BH - Rock & Dog Dogueria

Bem antes da moda dos food trucks e dos carros de lanches que há alguns anos orbitam as portas das faculdades, comida de rua em Belo Horizonte era, principalmente, cachorro quente. Carrinhos de churrasco e acarajé, para citar outros, também existem desde o Pré-Cambriano, mas sempre estiveram mais restritos às tradicionais feirinhas semanais.

De forma semelhante ao que aconteceu com seu "primo" hambúrguer, o tradicional cachorro quente também ganhou um upgrade. Basicamente, isso significa trocar a salsicha tradicional por sua versão alemã ou holandesa e, no caso da Rock & Dog, acrescentar pepperoni, carne moída ou, como fazem os paulistas, purê de batata.

Aberto em 2013, o Rock & Dog é – até onde eu tenho conhecimento – o único estabelecimento de Belo Horizonte a tomar para si o rótulo de dogueria; o excelente Der Famous entitula-se uma casa de pão com linguiça, algo que na prática não representa diferença alguma, mas deixa pra lá...

14 de setembro de 2015

Mixtape #5


Músicas:
  1. The Pains of Being Pure at Heart - Come Saturday
  2. Sonic Avenues - In Your Head
  3. The Tamborines - Black & Blue
  4. The Fireworks - Runaround
  5. The Men - Different Days
  6. Westkust - Swirl
  7. Pity Sex - Wind-Up
  8. Bob Mould - The Descent
  9. Yuck - Middle Sea
  10. Nothing - Downward Years To Come
  11. Cheatahs - The Swan
  12. Eternal Summers - Gouge
  13. The Sea and Cake - On and On
  14. Dead Stars - Wasted
  15. Beach Fossils - Careless

Playlist disponível também no Spotify.

7 de setembro de 2015

Index Librorum - Juvenília (Carlos Aquino)

Index Librorum - Juvenília (Carlos Aquino)

"E a memória não passa de um trailer reverso de um filme que não terá mais reprises. Mesmo este exato instante se esgotará e um dia haverá mais trailers em minha cabeça do que histórias a filmar. E depois, o pó."

Fragmentos de memória. Passado e presente – presente? – intercalam-se; um livro dentro do livro.

Magia, Timothy Darkdream, Círculo Interno, Tarô, uma mandala perdida em um banheiro feminino. Número Dois. Verão do Amor, Classe de 92. Lim Iakeda, Melanie Bates, Francine, Judith. A imprevisível Lim Iakeda e seu sorriso enigmático... Um anúncio de acompanhante.

Neverland, Sandman, Sodoma.

Neva em Sodoma. Uma sombra espreita, o cão negro de Winston Churchill. "Será que existe uma data específica para o fim de uma esperança?" – pergunta o narrador.

"Fate
Up against your will
Through the thick and thin
He will wait until
You give yourself to him"


31 de agosto de 2015

Chá de VHS - Escape from Galaxy III

Chá de VHS - Escape from Galaxy III

Você já ouviu essa história antes: nos confins do espaço, um tirano – o cruel Oraklon, uma espécie de Imperador Ming na versão drag – ameaça dominar a galáxia, munido de uma arma capaz de destruir planetas.

O vilão invade os limites do planeta Exalon, mas o pacífico Rei Ceylon, se recusa a colocar o plano Epsilon em ação, e envia o valoroso guerreiro Lithan e sua filha, a Princesa Bella Star, em uma perigosa missão ao planeta aliado Antares, do qual espera obter ajuda.

Como é de se esperar, o maligno Rei da Noite destrói a estação espacial onde o manso Ceylon termina seu reinado transformado em cinzas, e por fim oblitera o praticamente inofensivo Exalon com um bombardeio de foguetes de vapor de urânio. Bella Star e o fiel Lithan conseguem fugir a tempo, mas sua nave é danificada no combate e a dupla acaba caindo na Terra.

24 de agosto de 2015

Index Librorum - Bloom (Martin Kee)

Index Librorum - Bloom (Martin Kee)

Tennyson Middlebrook é um garoto de 10 anos que vive com o pai, um viúvo alcoólatra, rude e amargo, que despreza o interesse do filho por literatura. Amor na vida de Tennyson só existe na amizade que tem com Allison, sua vizinha de mesma idade, com quem passa a maior parte do tempo livre.

Revoltas explodem na Ásia à medida que tempestades de poeira atingem o continente; a imagem de um homem saltando de um prédio, para explodir em uma nuvem de partículas bem antes de atingir o chão, toma o noticiário, mas ele não é o único; um fungo desconhecido tem se espalhado, provocando mutações e mortes bizarras; o mundo ao redor destas crianças está mudando.

Paralela a essa história de uma realidade em colapso, conhecemos Lil'it. Ela vive em um mundo medieval onde toda a informação é controlada. O mero ato de possuir um livro é considerado crime nesta terra habitada por humanos deformados, que tratam Lil'it e os seus semelhantes como meros animais de estimação.

Lil'it era uma garota que não se lembrava de nada, e então ela se lembrou de tudo.

17 de agosto de 2015

Index Librorum - Os Portões do Inferno (André Gordirro)

Index Librorum - Os Portões do Inferno (André Gordirro)

Passaram-se 30 anos desde que os Portões do Inferno foram fechados por Krispinus e seus companheiros. Na época, o herói recentemente consagrado Deus-Rei promoveu um acordo com os reinos de Nerônia, Santária e Dalínia para proteger o Fortim do Pentáculo e assim evitar uma nova invasão de demônios como a que devastou Reddenheim e Blakenheim.

Mas o mundo de Zândia não está em paz. Ao norte da Krispínia, na Faixa de Hurangar, exércitos enfrentam-se em batalhas sem fim por territórios, e a guerra contra os elfos insurgentes na Caramésia não tem previsão de acabar. Entretanto, a ameaça que promete jogar o mundo em uma era de trevas vem dos svaltares, os elfos do reino subterrâneo Zenibar, que marcham rumo ao Fortim do Pentáculo para reabrir os Portões do Inferno.

O Deus-Rei conclama seus vassalos a honrar o acordo assinado 30 anos antes, mas a esperança recai no ombro de seis anti-heróis unidos pelo acaso e com uma leve ajudinha do misterioso Ambrosius: Baldur, um jovem cavaleiro desertor de um exército de mercenários após uma batalha perdida na Faixa de Hurangar; Od-lanor, um estranho bardo da raça dos adamares; Derek Blak, um vaidoso guerreiro da devastada Blakenheim, condenado à morte por dividir a cama com a esposa de um rico mestre-mercador; Kyle, um garoto órfão, morador de rua, preso ao arrombar a casa de um magistrado; Kalannar, um assassino svaltar; Agnor, o arquimago-geomante exilado de Korangar, a Nação-Demônio.

14 de agosto de 2015

Mixtape #4


Músicas:
  1. The Donkeys - I Heart Alabama
  2. Sufjan Stevens - Should Have Known Better
  3. The Barr Brothers - Even the Darkness Has Arms
  4. Fanfarlo - Good Morning Midnight
  5. Iron & Wine - Naked As We Came
  6. Bright Eyes - First Day Of My Life
  7. Bon Iver - Holocene
  8. José González - Heartbeats
  9. Neil Halstead - Digging Shelters
  10. The Sea and Cake - Harbor Bridges
  11. Damien Jurado - Ohio
  12. I Am Kloot - Proof
  13. The Head and the Heart - Down in the Valley
  14. Simon & Garfunkel - The Only Living Boy In New York
  15. Gaz Coombes performs - The Girl Who Fell To Earth

Playlist disponível também no Spotify.

12 de agosto de 2015

Descobrindo BH - Chá Comigo


Aberto em novembro de 2014, o Chá Comigo é um dos lugares mais simpáticos de Belo Horizonte. O café está instalado em uma casa antiga no alto do bairro Santo Antônio, e lá a proposta de fazer o cliente sentir-se em casa é realmente sincera.

Para começo de conversa, não existem garçons, pois a ideia é de que ninguém seja interrompido no meio do papo/leitura/estudo. Os clientes fazem seus pedidos no próprio balcão, diretamente com o pessoal da casa, mas os pratos são entregues na mesa. Se a pessoa puder buscar seu pedido e devolver as louças depois, melhor ainda. Faz parte do esquema.

10 de agosto de 2015

Descobrindo BH - Jedicon MG 2015

Descobrindo BH - Jedicon MG 2015

A Jedicon Minas é uma convenção bienal dos fãs de Star Wars, organizada pelos amigos do Conselho Jedi de Minas Gerais (CJMG). O encontro teve sua primeira edição em 2009, quando o fã-clube mineiro completou 10 anos de existência, e desde então tem sido realizado na escola Profª. Maria Modesta Cravo, como parte do programa Escola Aberta.

Durante o dia todo a escola é tomada por atividades que agradam Sith e Jedi de todas as idades: no palco principal rolam entrevistas com convidados, mesas redondas sobre assuntos ligados à saga criada por George Lucas, concursos de cosplay e apresentações de lutas coreografadas; no auditório rolam palestras, exibições de fan films e alguns bate-papos; as salas de aula são tomadas por exposições, oficinas, mesas de RPG e board games; para completar, na quadra externa não pode faltar a tradicional arena comandada pela galera da Academia de Sabres de Luz.

5 de agosto de 2015

Chá de VHS - Battle Beyond the Stars

Chá de VHS - Battle Beyond the Stars

Roger Corman é um figurão do cinema independente de baixo orçamento, e está para os filmes B como Steven Spielberg está para os blockbusters. Com mais de 350 títulos no currículo – a maioria bastante lucrativa – seu lema pode ser definido como "fazer mais por menos".

Nomes importantes da sétima arte, como Jack Nicholson, Francis Ford Coppola, Martin Scorsese, entre tantos outros, iniciaram suas carreiras em produções de Corman. O mesmo aconteceu com James Cameron, que atuou na direção de arte e efeitos especiais de Battle Beyond the Stars.

3 de agosto de 2015

Chá de VHS - Starcrash

Chá de VHS - Starcrash

Apesar dos turcos terem fornecido muito material para os entusiastas do trash, com suas cópias baratas de sucessos do cinema americano, os italianos não ficaram atrás com suas versões genéricas - e até mesmo sequências - de produções de Hollywood.

De Tubarão (Shark: Rosso Nell'Oceano) a Exterminador do Futuro (Terminator 2), passando por Predador (Robowar), O Exorcista (Beyond the Door), Caçadores da Arca Perdida (The Mines of Kilimanjaro), Alien (Alien Contamination), Conan (Ironmaster: La Guerra Del Ferro) e infinitas versões de Mad Max (Warriors of the Wasteland) e Fuga de Nova York (Escape From The Bronx), não faltam exemplos da picaretagem criatividade dos italianos, que muitas vezes chegaram a misturar elementos dos vários filmes copiados em uma única produção.

Como não poderia deixar de ser, o sucesso de Star Wars inspirou os caras-de-pau cineastas italianos a lançar suas space operas similares. É o caso do caro, mas tosquíssimo, L'Umanoide e do seu primo pobre Starcrash.

27 de julho de 2015

Chá de VHS - L'Umanoide (The Humanoid)

Chá de VHS - L'Umanoide (The Humanoid)

Metropolis, um planeta da galáxia Eraklon bastante semelhante a um planeta desértico de outra galáxia muito, muito distante, vive uma era de paz sob o governo da turma do stand-up meeting conhecida como Conselho dos Anciões, que por sua vez é liderada pelo Grande Irmão, um homem benevolente bem diferente da entidade criada por George Orwell.

Atravessando o espaço em um Cruzador Imperial uma nave da Prisão Satélite, da qual acabou de fugir, Lord Graal segue em direção à pacífica Metropolis para recuperar um contêiner do elemento Kappa, com o qual pretende criar um exército de humanoides e vingar-se daqueles que o enviaram para o exílio.

20 de julho de 2015

Chá de VHS - Os Trapalhões na Guerra dos Planetas

Chá de VHS - Os Trapalhões na Guerra dos Planetas

Como não poderia deixar de ser, o Brasil também entrou na onda dos plágios filmes inspirados em Star Wars. Com roteiro de Renato Aragão, Os Trapalhões na Guerra dos Planetas está entre as produções de maior público no país, atraindo mais de 5 milhões de espectadores aos cinemas.

A história começa com uma longa e monótona propaganda da Gurgel perseguição, que descobrimos ser resultado do envolvimento de Didi com uma mulher comprometida. Os quatro Trapalhões acabam conseguindo fugir, e acampam em um ponto afastado da estrada, onde são visitados por um disco voador tosquíssimo pilotado pelo canastrão Príncipe Flick, que precisa de ajuda para enfrentar o cruel Zuco.

14 de julho de 2015

Mixtape #3


Músicas:
  1. Real Estate - Municipality
  2. Ducktails - The Flower Lane
  3. Sharesprings - Fix Your Eyes On
  4. Beach Fossils - Out In The Way (feat. Jack Tatum)
  5. Craft Spells - Breaking the Angle Against the Tide
  6. Toy - Lose My Way
  7. Bear's Den Sahara Pt II
  8. Júníus Meyvant - Color Decay
  9. Donovan Blanc - Hungry A Long Time
  10. Mac DeMarco - Blue Boy
  11. Wiretree - Big Coat
  12. My Sad Captains - Goodbye
  13. The Rosebuds - In My Teeth
  14. Kite Party - Halflife
  15. The Fresh & Onlys - Animal of One

Playlist disponível também no Spotify.

13 de julho de 2015

Chá de VHS - Uchu Kara No Messeji (Message From Space)

Chá de VHS - Uchu Kara No Messeji (Message From Space)

Lançado em 1978, Uchu Kara No Messeji (Message From Space) é uma produção do estúdio Toei. O filme – o mais caro rodado no Japão até a época de sua estreia – teve direção de Kinji Fukasaku, um dos codiretores de Tora! Tora! Tora!, e roteiro de Shotaro Ishinomori, discípulo de Osamu Tezuka e criador de Kamen Rider, entre outros.

Como tantas outras ficções científicas da época, Uchu Kara No Messeji se inspirou em Star Wars no desejo de replicar o sucesso comercial da galinha dos ovos de ouro de George Lucas. As "coincidências" começam pela pegada space opera, obviamente, mas vão além da tentativa de replicar os mesmos efeitos especiais produzidos pela ILM. Não faltam personagens e situações semelhantes, e até mesmo uma música bastante parecida com o tema da Princesa Leia, composto por John Williams, se repete de tempos em tempos.

6 de julho de 2015

Chá de VHS - Wakusei Daisenso (The War In Space)

Chá de VHS - Wakusei Daisenso (The War In Space)

Apesar do lixo – no mau sentido – absoluto que é a trilogia prequel, da qual praticamente nada se salva, há que se tirar o chapéu para George Lucas pelo lançamento de Star Wars em 1977. Além de consolidar um novo modelo de negócios baseado em produtos licenciados, o filme revolucionou a indústria de efeitos especiais.

O sucesso de Star Wars foi tanto, que inúmeros estúdios lançaram cópias descaradas ou produções inspiradas no filme. O estúdio japonês Toho, responsável pelo clássico Godzilla e seus inúmeros spin-offs, foi um desses que tentou capitalizar em cima do hype criado pela obra de George Lucas, levando aos cinemas – ainda em 1977 – a ficção científica Wakusei Daisenso.

1 de julho de 2015

Jedicon Minas Gerais - Episódio IV

Vem aí a Jedicon Minas Gerais 2015:

Jedicon Minas 2015

Novamente a convenção, organizada pelos chapas do Conselho Jedi de Minas Gerais, será realizada na Escola Profª. Maria Modesta Cravo, no bairro Cidade Nova.

Este ano, além do ilustre Mauro Ramos, que já é praticamente um membro do fã-clube mineiro, o evento contará com a presença de Fernando Caruso, dublador do Agente Kallus na animação Star Wars Rebels.

Veja também:

- Ouvindo: BentTV - Star Wars Gangsta Rap

29 de junho de 2015

Press Start - EvilQuest

Press Start - EvilQuest

Em uma era há muito esquecida, uma arma de poder destrutivo – o Machado do Caos – foi forjada pelo demônio Tasrael. Deus, quase derrotado na batalha que se seguiu entre as forças do Plano Astral, escondeu o machado no reino dos homens e isolou as duas realidades, para que Tasrael não voltasse a recuperá-lo.

Milhares de anos de paz ininterrupta se passaram, e um homem – Galvin, aquele que muitos acreditavam descender de Tasrael – surgiu, levando morte, terror e destruição por onde passava. Acompanhado do seu exército, o Cavaleiro Negro marchou em direção ao castelo de Camelia, a fim de aniquilar o Rei Jerric e coroar-se como o supremo governante.

Traído por Tarkan, um de seus generais, Galvin acabou derrotado e capturado pelo exército real. Na prisão, seu objetivo de dominar o mundo ganha um novo fôlego ao descobrir que a lenda do Machado do Caos, há muito perdida, era real.

25 de junho de 2015

Descobrindo BH - Auguri Pizzaria & Forneria

Descobrindo BH - Auguri

Do chão de pedra erguem-se os troncos que sustentam o telhado sob o qual clientes, sentados às pesadas mesas de madeira, comem e bebem enquanto a música ecoa pelo grande salão.

As chamas crepitam no forno a lenha, levantando cheiros exóticos que abrem o apetite após um longo dia de caminhadas, e o nome na porta – Auguri, uma palavra em italiano que expressa o bem desejar a alguém – desperta a curiosidade e convida a entrar.

18 de junho de 2015

Descobrindo BH - Melhores Hambúrgueres de Belo Horizonte

Depois de comentar 25 lugares para comer hambúrguer em Belo Horizonte, chegou a hora de escolher os 5 melhores:

5. Um Conto Chinês - Lucy Sanduicheria

Está Chovendo Hambúrguer - Lucy Sanduicheria

Hambúrguer de picanha, queijo, alface americana, anéis de cebola e molho de alho. Leia mais sobre a Lucy Sanduicheria aqui.


15 de junho de 2015

Press Start - All The Way Down

Press Start - All The Way Down

Um homem caminha pelo interior da Inglaterra, quando se vê frente a uma forte nevasca que o obriga a procurar abrigo. Perdido, ele acaba parando na pequena Millvale, uma vila de mineradores ao norte de Yorkshire.

Alguns dos poucos habitantes do vilarejo são bem insistentes em aconselhá-lo a seguir seu caminho, mas a tempestade é bem mais palpável do que as lendas locais contadas ao forasteiro, e ele decide passar a noite em Millvale.

14 de junho de 2015

Mixtape #2


Músicas:
  1. Public Service Broadcasting - Go!
  2. The Cold Beat - Mirror
  3. Cloud Nothings - Stay Useless
  4. Parquet Courts - Black and White
  5. Line & Circle - Wounded Desire
  6. Wormburner - Somewhere Else To Be
  7. Built To Spill - Goin' Against Your Mind
  8. We Were Promised Jetpacks - Safety In Numbers
  9. The Walkmen - Heaven
  10. The Strokes - Reptilia
  11. Ex Hex - Don't Wanna Lose
  12. Prom Body - My Paradise
  13. The Young Evils - Renegades
  14. The Soundscapes - Shooting Stars
  15. The War on Drugs - An Ocean In Between the Waves
  16. Pinkshinyultrablast - Holy Forest

Playlist disponível também no Spotify.

11 de junho de 2015

Descobrindo BH - Est! Est!! Est!!!

Descobrindo BH - Est! Est!! Est!!!

Uma das características mais humanas que eu consigo imaginar é a nossa necessidade de nos identificarmos com o outro a partir dos nossos gostos pessoais. É uma coisa que vem desde a infância.

Minha cunhada, uma menina maluquinha de apenas 6 anos de idade, é dessas que a todo momento está interessada em saber o que você gosta (ou não), e outro dia me perguntou qual era o meu prato favorito. Sem pestanejar, respondi que era hambúrguer, seguido por bife à parmegiana e lasanha.

8 de junho de 2015

Press Start - Being Her Darkest Friend

Press Start - Being Her Darkest Friend

Sem saber onde está, ela caminha em direção a um par de olhos que brilham vermelhos em meio à escuridão. Assim ela encontra Tomoko, agora um espectro desprovido de cor, imóvel e silenciosa como uma escultura.

Longe dos pais, morando sozinha em uma cidade que não é a sua e desprezada pelos colegas arrogantes, ela precisa ajudar a amiga. Quem sabe assim ela fica livre da escuridão...

6 de junho de 2015

Descobrindo BH - Está Chovendo Hambúrguer 4

O Dia do Hambúrguer é comemorado no dia 28 de maio, mas nunca é tarde para soltar outra lista de lugares para comer hambúrguer em BH:

The Dip's

Está Chovendo Hambúrguer - The Dip's

Criado em 2009, o Dip's – originalmente Dip's Fine Burger – iniciou suas atividades em Lagoa Santa. Sob o comando do chef Felipe Borba, também conhecido como Diphy, a burgueria atualmente funciona como food truck e, em função do formato, trabalha com um cardápio bem mais enxuto do que o que se encontra em seu site.

Encontramos o truck no Minascasa Food Park, e no dia as opções eram duas: Dip's BBQ – pão de batata artesanal, hambúrguer artesanal de picanha, bacon, cheddar cremoso e cebola ao barbecue à base de Coca-Cola – e Chimi Burger – pão de batata artesanal, hambúrguer artesanal de picanha, bacon, chedar e um excelente molho chimichurri.

A Fernanda pediu o Dip's BBQ, mas sem cheddar, e eu escolhi o Chimi Burger. Surpreendentemente, os hambúrgueres são muito leves, extremamente saborosos e não fazem feio frente a qualquer burgueria gourmet de Belo Horizonte. Eu diria até que o meu só não esteve perfeito porque o chef pesou um pouco a mão no cheddar, mas ainda assim foi um dos melhores hambúrgueres que eu já comi e, certamente, é um dos melhores da cidade.

Pelo que deu para perceber, o Dip's é presença quase sempre garantida nos encontros de food trucks de Belo Horizonte e região, mas suas andanças podem ser conferidas em sua página do Facebook ou perfil no Instagram.

28 de maio de 2015

Descobrindo BH - Pão de Queijo

Lendário como o Lembas élfico, o Pão de Queijo é presença obrigatória em qualquer café da tarde mineiro, onde a comilança reina solta como em um banquete organizado por hobbits. Por causa dessa fama, quem mora em Belo Horizonte – ou qualquer outra cidade mineira, obviamente – certamente já ouviu a seguinte pergunta, feita por alguém que veio de fora do estado: "Onde encontro o melhor pão de queijo mineiro?". A resposta, invariavelmente, é mais ou menos assim: "Uai, minha mãe/avó/tia/etc. faz um que é muito bom!".

Minha mãe é dessas que faz um pão de queijo bem bom, e meu irmão conhece pelo menos umas duas receitas diferentes do quitute. Como não dá para abusar da boa vontade dos dois, o jeito é caçar os melhores lugares para comer pão de queijo em Belo Horizonte.

A lista com os mais interessantes (ou nem tanto) segue abaixo:

Boca do Forno

Pão de Queijo - Boca do Forno

Inaugurada em 1974 e com mais de 10 lojas espalhadas por quase todas as regiões da cidade, a Boca do Forno já é velha conhecida de muita gente. Quando novos, muitos dos seus salgados e tortas são bem bons. O mesmo, entretanto, não pode se dizer do seu pão de queijo branquelo, que até consegue ser crocante, mas aparenta não levar tanto queijo quanto deveria.

26 de maio de 2015

Dicas de Podcasts

Os três leitores desse blog devem se lembrar de quando tivemos um podcast. Por mais divertido que fosse gravar as bobagens que conversávamos, eu prefiro muito mais o papel de consumidor desse tipo de conteúdo do que o de produtor.

Há um tempo atrás, o amigo Fabiano começou uma série de posts com indicações de podcasts. Para quem já se cansou do "humor" adolescente dos podcasts de maior sucesso em Pindorama, reproduzo abaixo minhas sugestões publicadas no blog irmão Nerdmor:

Detect This!

Dicas de Podcasts - Detect This!

Para quem perdeu o hype de True Detective e pretende começar a assistir a série agora, uma boa pedida é o podcast Detect This!, da rede Film Geek Radio. A cada semana os hosts Andrew e Charlie, com eventuais convidados, comentam os acontecimentos do último episódio e dão seus palpites sobre o caso investigado por Rust Cole e Martin Hart.

19 de maio de 2015

Press Start - I Have No Mouth, And I Must Scream

Press Start - I Have No Mouth, And I Must Scream

Entre 1945 e 1989, a paranoia e a histeria da Guerra Fria levou três potências – Estados Unidos, Rússia e China – a desenvolver supercomputadores capazes de promover uma guerra global. Instaladas em complexos subterrâneos, estas máquinas tomaram conhecimento umas das outras, e uniram-se sob uma única entidade de nome AM.

Alimentados com dados de todas as guerras e atos de violência já ocorridos desde os tempos primitivos, estes supercomputadores foram programados para matar, e colocaram em prática sua diretiva principal, iniciando a Guerra Final que exterminou a humanidade e tornou o planeta inabitável para qualquer outra forma de vida orgânica.

Como um deus louco e dotado de um imenso ódio pelos seus criadores, AM aprisionou em suas entranhas os últimos sobreviventes da espécie humana – quatro homens e uma mulher – que ele mantém vivos para torturá-los em um pesadelo que já alcançou 109 anos de duração.

14 de maio de 2015

Mixtape #1


Músicas:
  1. Moke Hill - Detroit
  2. Me and the Plant - Cordillera Girl
  3. Real Estate - Talking Backwards
  4. Belle & Sebastian - Ease Your Feet in the Sea
  5. Hospitality - Eighth Avenue
  6. The Magic Numbers - Forever Lost
  7. Stereolab - L'Enfer Des Formes
  8. Benjamin Schoos ft. Laetitia Sadier - Je Ne Vois Que Vous
  9. The Whitest Boy Alive - Burning
  10. The Sea and Cake - Up On the North Shore
  11. Band of Horses - Dilly
  12. Beirut - Santa Fe
  13. Paul Weller - Cold Moments
  14. Yo La Tengo - Season of the Shark
  15. Damien Jurado - Silver Timothy
  16. Posse - Afraid

Playlist disponível também no Spotify.

11 de maio de 2015

Descobrindo BH - Sì, abbiamo il gelato

Outono é uma época bacana em Belo Horizonte, de céu quase sempre azul e um tempo meio frio e agradável, que convida a passeios pela cidade. O clima combina bem com o tradicional pão de queijo, mas se o assunto é doce, um gelato cai muito bem.

Antes de mais nada, vale lembrar: gelato é sorvete, mas nem todo sorvete é gelato. A diferença fica por conta do modo de preparo e, é claro, dos ingredientes. O sorvete tradicional leva água, e água congela. Para evitar a formação de grandes cristais de gelo, açúcar e gordura – creme de leite, por exemplo – são acrescentados à mistura.

O gelato tradicional, por levar leite em vez de água, necessita de uma quantidade menor de creme e, portanto, possui um percentual menor de gordura. Além disso, não precisa de artifícios como a adição de açúcar, para diminuir o tamanho dos cristais de gelo, e pode ser mantido a temperaturas maiores. Isso, aliado à menor quantidade de ar injetado pela baixa velocidade com a qual são batidos, garante aos gelatos uma consistência mais cremosa.

Sì, abbiamo il gelato - Alessa

Pioneira em BH, a Alessa acumula há anos o título de melhor sorvete da cidade, fruto da paixão que têm pelo que fazem e, é claro, pela ausência – até então – de concorrentes à altura. Somos clientes fiéis da gelateria há algum tempo – recomendo o Chocolate Andrea, um dos melhores – mas há quem não considere seus sorvetes premium, de qualidade inegável, autênticos gelatos.

6 de maio de 2015

Chá de VHS - Escape from Tomorrow

Chá de VHS - Escape from Tomorrow

Jim é um homem comum, casado com uma mulher comum e pai de duas crianças comuns. Como em uma comédia ruim estrelada por Ben Stiller, nada de bom acontece com ele: primeiro Jim descobre, em seu último dia de férias com a família no Disney World, que foi demitido; para piorar, o estresse parece estar drenando aos poucos sua sanidade.

Tirando a ameaça de uma gripe misteriosa que tem se espalhado pelo parque, alguns episódios de alucinação apresentados por Jim e o fato desse homem comum perseguir obsessivamente duas adolescentes francesas pelo local, o dia de passeio da família no Disney World é como outro qualquer: filas gigantescas, pessoas mal educadas, menos diversão do que a prometida e coisa e tal.

1 de maio de 2015

Descobrindo BH - Está Chovendo Hambúrguer 3

Como já deu para receber, eu não sou o Dudu, do desenho (e quadrinhos) do Popeye, mas sou fã de hambúrguer. Portanto, segue abaixo uma nova lista de lugares para comer hambúrguer em Belo Horizonte:

Dub

Está Chovendo Hambúrguer - Dub

Com uma das vistas mais interessantes e únicas da cidade, ao lado do Centro de Referência da Moda, o Dub é um pub vizinho da decepcionante unidade do Duke'n'Duke no famoso Edifício Maletta.

A casa foi aberta em julho de 2012 e tem um cardápio bem variado, com boas opções de entradas, pratos e, é claro, sanduíches. Outro ponto forte também são os drinks, mas uma água mineral sem gás já é mais do que o suficiente para nós.

Por querer variar, a Fernanda pediu o Veggie Burger, um hambúrguer vegetariano que ela gostou, mas eu provei e achei bem sem graça. Para fugir do trio tradicional carne+cheddar+bacon, eu pedi o bacanudo Pimp Burger: pão com gergelim preto, hambúrguer artesanal de 220g de carne bovina, bacon crocante, picles de cebola roxa, confit de jalapeño e requeijão de raspa, acompanhado de batatas rústicas e maionese artesanal de alho-poró.

Pelo ambiente bacana e por servir um dos melhores e mais suculentos hambúrgueres da cidade, o Dub já virou um favorito.
  • Endereço: Rua da Bahia, 1148 - Centro

29 de abril de 2015

Press Start - Life of Pixel

Press Start - Life of Pixel

A imitação é a forma mais sincera de elogio.
- Charles Caleb

Life of Pixel tem uma história bem bobinha, até mesmo para os padrões dos platformers:

O pequeno Pixel – praticamente uma versão verde do Super Meat Boy, sem braços e pernas – estava cansado de ser mais um no meio da multidão, até que um dia encontrou o Museu do Videogame, um lugar de pura "alegria retrô", onde ele tem a possibilidade de conhecer mais sobre sua história.

Ou seja: apenas uma desculpa para uma coleção de fases que emulam a estética visual dos jogos para os consoles e computadores pessoais antigos, cobrindo um período que vai de 1977 a 1990.

28 de abril de 2015

Descobrindo BH - Der Famous

Descobrindo BH - Der Famous - Otto Von Bismarck
Otto Von Bismarck

Antes de sair do Duke'n'Duke e abrir o excelente Armazém Parmeggiano, Ronaldo Rates, o chef Alemão inaugurou o simpático Der Famous, uma casa especializada em pão com linguiça.

O cardápio, como o restaurante, é pequeno. São sete opções de sanduíches, das quais seis levam linguiças artesanais produzidas por uma família alemã estabelecida na região da Pampulha.

27 de abril de 2015

Desenterrando o Passado 2

Com o casamento do meu irmão, seu quarto virou o novo escritório da casa dos meus pais. Como eu estava de férias e sou o filho que "mexe com computador", fui convocado para o processo e, no meio da mudança, acabei encontrando algumas coisas perdidas, como um desses panfletos com os jogos do Master System, bem familiares da turma do console de 8-bits da Tectoy / Sega:

Panfleto jogos Master System - Frente

16 de abril de 2015

Press Start - Guacamelee!

Press Start - Guacamelee!

Meu nome é Calaca, mas em outra vida eu fui conhecido como El Charro. La Gran Charreada era tudo para mim, mas um dia antes da competição eu quebrei o braço. Sem pensar duas vezes, vendi minha alma ao Diabo e me consagraram campeão.

Mas o Diabo é traiçoeiro, e no momento da minha glória eu fui arrastado para o Mundo dos Mortos. Com a ajuda de X'Tabay, eu transformei o traidor em um galo e agora comando os seus domínios.

Em breve o Mundo dos Vivos e o Mundo dos Mortos serão um só, e todos viverão para me adorar!

13 de abril de 2015

Press Start - Aventura em BH!

Press Start - Aventura em BH!

Edu mora em uma pacata cidade do interior de Minas Gerais. Ele estuda em seu quarto, quando é surpreendido pela campainha tocando. É o carteiro, trazendo um pacote enviado por seu tio. Além de um objeto estranho, ele encontra uma carta:

Caro sobrinho Edu,

Há muito tempo não nos vemos. Não sei se você sabe, mas como professor do Instituto de Educação de Belo Horizonte, venho realizando uma importante pesquisa histórica há mais de 30 anos.

Graças a essa pesquisa, minha vida agora corre perigo. Por isso estou lhe mandando essa peça arqueológica de valor inestimável para que você a guarde em segurança até que eu resolva este mistério.

Um grande abraço do seu tio

Professor Epiphânio Valenzza

P.S. Nem pense em vir a BH!
Pode ser muito perigoso!

Ignorando o aviso, Edu parte para Belo Horizonte. Chegando lá, o jovem descobre que o tio foi sequestrado, e inicia uma busca pela capital mineira a fim de encontrá-lo.

9 de abril de 2015

Press Start - Fist of Awesome

Press Start - Fist of Awesome

Seu nome é Tim Burr. Confundem-no com um hipster afetado por causa da barba e da camisa xadrez, mas ele é um autêntico lenhador que mora em uma casa de madeira na floresta e gosta de David Bowie. Ah, ele gosta de cachorros também.

"Vamos comemorar como se fosse 1969!", ele anuncia aos amigos e familiares, quando a terra começa a tremer e um estrondoso barulho rasga o céu. No instante seguinte, todos desapareceram e ele está sozinho. Ou nem tanto, porque sua mão esquerda ganha vida.

Tudo que aconteceu até então não existe mais, a mão de Tim – o Fist of Awesome, ou algo como Punho do Incrível – explica para ele, pois a linha do tempo foi alterada e agora os ursos são a espécie dominante do planeta.

A solução? Viajar através das eras para restaurar a linha do tempo, espancando todos os ursos e outros animais assassinos que aparecerem pela frente, salvando assim o universo!

6 de abril de 2015

Press Start - Valiant Hearts: The Great War

Press Start - Valiant Hearts: The Great War

A Primeira Guerra foi um dos acontecimentos mais violentos promovidos pela humanidade, com estimativas que chegam a 37 milhões de casualidades. O conflito teve início em 1914, com o assassinato de Francisco Ferdinando, arquiduque do Império Austro-Húngaro.

Com a declaração de guerra, Karl, um jovem alemão que mora em Saint-Mihiel, se vê obrigado a deixar a esposa e o filho para trás ao ser deportado da França. Poucos dias depois, todos os franceses com idades entre 20 e 48 anos são convocados para a guerra, entre eles Emile, sogro de Karl.

Mesmo neutros no início do conflito, 128 americanos alistam-se na Legião Estrangeira para lutar ao lado dos franceses. É o caso do poeta Alan Seeger, mas também de Freddie, membro de uma família creole da Louisiana, que fugiu para a França com Margaret, filha de um figurão da navegação, a fim de se casarem.